Huawei faz “All-in” com a sua AppGallery

Huawei faz “All-in” com a sua AppGallery

9 Março, 2020 0 Por Joel Pinto

Privada de uma licença oficial da Google, a Huawei foi forçada a procurar alternativas às aplicações da Google, e por esse motivo criou a AppGallery, a sua própria loja de aplicações, que visa substituir a tão famosa Google Play Store.

AppGallery não cobrará comissões nem impostos no primeiro ano

A grande dificuldade da Huawei, é aceitar que os programadores disponibilizem as suas aplicações naquela loja. Mas o gigante chinês tem um grande trunfo na manga. É que a Huawei anunciou que, durante o seu primeiro ano na AppGallery, uma aplicação disponibilizará 100% dos lucros para os desenvolvedores / estúdios (excepto jogos sujeitos a um imposto de 15%)! Portanto, a Huawei parece abrir mau de qualquer imposto, que por exemplo a Google cobra 30%, tal como a Apple na sua loja. No segundo ano, a taxa de reembolso sempre permanecerá muito medida em comparação à concorrência, com 85% da receita no bolso dos desenvolvedores (isso não se aplica aos jogos) e até 90% para aplicações educacionais.

AppGallery

Portanto, só a partir do terceiro ano é que as aplicações começam a ser tributadas em 30%, uma percentagem igual aquela que é aplicada pelo Google e pela Apple (Google Play e App Store). Essas vantagens financeiras serão suficientes para fazer com que os desenvolvedores disponibilizem os seus conteúdos na AppGallery?

O mercado já não está muito fechado pelos dois gigantes americanos? Para a Huawei, a aposta é crucial, pois trata-se de tornar os seus smartphones atraentes, na ausência dos serviços da Google.

FONTE

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.