TikTok com níveis alarmantes de desinformação

TikTok com níveis alarmantes de desinformação

16 Setembro, 2022 0 Por Joel Pinto

Segundo um novo estudo, a desinformação no TikTok atingiu níveis verdadeiramente alarmantes, especialmente porque a rede social é cada vez mais utilizada por adolescentes como um motor de pesquisa.

Uma organização realizou pesquisas no início de setembro sobre uma variedade de tópicos importantes, desde a invasão da Ucrânia pela Rússia, até sobre as vacinas do Covid-19, e determinou que 20% dos vídeos obtidos nos resultados continham informações falsas ou enganosas. Ela destaca um vídeo em que uma jovem revela a sua receita de um "remédio que pode curar tudo", a hidroxicloroquina, um tratamento polémico que já se mostrou ineficaz contra a Covid-19.

Segundo o estudo da NewsGuard, “a toxicidade do TikTok é agora um perigo significativo porque a sua pesquisa sugere que o TikTok está a ser cada vez mais utilizada por jovens […] para encontrar informações”.

“Segundo o Cloudflare, em 2021, o TikTok ultrapassou a Google como o site mais popular do mundo”, acrescenta a empresa especializada em ferramentas de avaliação para sites de notícias. No geral, os pesquisadores do NewsGuard dizem que mesmo os resultados de pesquisa que não contêm informações erradas "são muitas vezes mais divisivos do que os da Google". Eles citam comentários insultuosos em vários vídeos sobre as eleições americanas.

TikTok

TikTok está a espalhar falsas informações

“As nossas regras deixam claro que não permitimos desinformação prejudicial, incluindo desinformação médica, e estamos a remover o conteúdo que não se enquadra na plataforma”, disse um porta-voz do TikTok. A rede social acredita ainda que a metodologia do estudo tem falhas, pois tira conclusões de pesquisas limitadas.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook e do Instagram? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.