Nintendo não parece gostar muito de falar do Joy-Con Drift

Nintendo não parece gostar muito de falar do Joy-Con Drift

8 Novembro, 2019 1 Por Joel Pinto

O Joy-Con Drift tem sido um problema que atormenta os proprietários da Nintendo Switch há algum tempo, e a reacção da Nintendo ao problema, tem sido  na melhor das hipóteses superficial, já que alguns proprietários podem devolver os seus controladores defeituosos para que sejam substituídos, já outros não têm hipóteses de o fazer.

Joy-Con Drift parece ser um "tabu" para a Nintendo

O problema é de tal forma grave, que até a Switch Lite, que foi recentemente lançada, sofre do mesmo problema, e nessa consola não podem ser substituídos (pelo menos como na Switch normal).

Numa entrevista recente ao pessoal do The Verge, o presidente da Nintendo, Doug Bowser, foi questionado sobre o problema e deu a seguinte resposta:

O nosso objectivo é sempre, sempre criar produtos de qualidade e produtos que garantam aos jogadores uma óptima experiência. Estamos continuamente a procurar formas de melhorar os nossos produtos à medida que avançamos, mas no final queremos que os consumidores tenham uma óptima experiência. E se, de qualquer forma, eles não tiverem essa experiência, incentivamos que eles entrem em contacto com as nossas equipas de suporte ao cliente e faremos o possível para ajudá-los. Foi assim que lidamos com os nossos consumidores nos últimos meses, à medida que surgiram problemas como esse, e acreditamos que os consumidores estão a encontrar o caminho de volta a óptimas experiências de jogo.

Acha que esta é uma resposta adequada? A mim parece-me que que o Bowser quis desvalorizar esse problema e contornou o problema. Basicamente ele aponta a solução como os serviços de apoio ao cliente, que só resolve o problema (gratuitamente) se o dispositivo estiver na garantia... mesmo sabendo que esse é um problema de fabrico.

FONTE

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos.