Netflix: 1/4 dos seus assinantes tem intenções de cancelar a sua assinatura

Netflix: 1/4 dos seus assinantes tem intenções de cancelar a sua assinatura

23 Setembro, 2022 0 Por Joel Pinto

Desde que a Netflix começou nesta sua aventura, em 2014, a sua base de utilizadores cresceu de forma constante durante mais de uma década. No entanto, nos dois primeiros trimestres de 2022, a empresa viu pela primeira vez um declínio nas adições líquidas de assinantes, e esse declínio deverá continuar nos próximos meses.

Numa pesquisa realizada a 1000 americanos sobre os seus hábitos de streaming, assinaturas de serviços de streaming e sentimentos sobre a Netflix em particular, conclui-se que uma em cada quatro pessoas considera cancelar a sua assinatura da Netflix antes do final do ano.

Segundo a pesquisa, mais de um terço (40,49%) dos que planeiam abandonar o serviço, dizem que é por causa do aumento do custo das assinaturas. De fato, o custo médio mensal da assinatura é agora o mais alto de qualquer grande serviço de streaming, custando por lá $17,99 por mês, mas outros grandes players, como o Disney+, também planeiam aumentar os preços em breve. Esses aumentos regulares de preços, juntamente com a inflação, provavelmente motivarão milhares de americanos a voltarem-se para a concorrência mais barata.

A outra grande fonte de insatisfação é a falta de conteúdo na plataforma, que mesmo assim possui milhares de trabalhos, cada um diferente do outro. 1 em cada 3 entrevistados disse que a Netflix não oferece mais conteúdos que eles querem assistir. Além disso, 30% disseram que utilizam mais outros serviços de streaming.

Netflix

Netflix poderá perder ainda mais assinantes

De qualquer forma, a Netflix continua a ser o serviço de streaming mais popular até agora, com quase 4 em cada 5 americanos (77%) atualmente inscritos na plataforma. Além disso, 70% dizem que usam a Netflix com mais frequência.

O Apple TV+ fecha o ranking com uma pontuação bastante dececionante de apenas 2,70%. Espera-se que a Netflix aumente a folga rapidamente, atingindo um alvo menor após o lançamento da sua nova assinatura mais barata, mas que contará com anúncios.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook e do Instagram? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.