Motorola anuncia o novo Moto Watch 100: O novo smartphone de baixo custo

Motorola anuncia o novo Moto Watch 100: O novo smartphone de baixo custo

17 Novembro, 2021 0 Por Joel Pinto

Depois de recentemente terem surgido algumas imagens deste novo smartwatch, a Motorola anunciou oficialmente o novo Moto Watch 100, que agora sabemos que chegará com alguns recursos muito interessantes.

Em termos de design este novo smartwatch é muito semelhante e muitos outros smartwatchs circulares que estão no mercado. Ele conta com uma caixa de alumínio com pulseiras em silicone, e tem dois botões físicos na lateral, a partir de onde podemos gerir toda a interface.

O seu ecrã LCD conta com 1,3 polegadas e está contido numa caixa de 42mm, enquanto na parte traseira temos um sensor de HR para os batimentos cardíacos. O smartwatch é montado no Moto Watch OS, um sistema operativo proprietário evidentemente preferido ao Wear OS 3, da Google.

Ele conta com uma excelente oferta no que diz respeito ao acompanhamento da actividade física que lhe permite acompanhar inúmeras actividades: ciclismo (interior e exterior), críquete, basquetebol, ténis, crossfit, futebol americano, futebol, snowboard, levantamento de peso e muito mais.

Moto Watch 100 oficialmente anunciado pela Motorola

Além de registar os passos e a distância percorrida, as calorias queimadas e a qualidade do sono, o sensor de FC monitoriza a frequência cardíaca, média e máxima, alteração da frequência cardíaca e até mesmo a concentração de oxigénio no sangue (SpO2).

A empresa não divulgou informações sobre alguns componentes-chave do hardware – CPU, RAM e armazenamento – mas sabemos que ele está equipado com uma bateria de 355mAh com suporte para carregamento rápido (de 0 a 100% numa hora). Conta também com módulo Bluetooth 5.0, GPS / GLONASS e à prova d’água até 5 ATM.

O Moto Watch 100 já está disponível para pré-venda a partir de hoje por 99,99 dólares, cerca de 90 euros, nas cores Prata Glaciar e Preto Phantom.

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.