Nova versão do iOS "estraga" o FaceTime em iPhones e iPads mais antigos

Nova versão do iOS "estraga" o FaceTime em iPhones e iPads mais antigos

2 Abril, 2020 0 Por Joel Pinto

Mais do que nunca, as pessoas estão a utilizar aplicações para se comunicar com os seus familiares e amigos. O confinamento de milhões de pessoas em todo o mundo, está a levar os mesmos a utilizar os meios ao seu dispor para se comunicar com os outros, quer por razões pessoais, quer profissionais. Se é um desses utilizadores, e utiliza o FaceTime para esse efeito, talvez seja boa ideia não actualizar ainda o seu iPhone com a nova versão do iOS.

iOS 13.4 faz com que não seja possível comunicar com o FaceTime de equipamentos mais antigos

Existem diversos relatos que dão conta que a actualização mais recente do iOS 13.4 faz com que o FaceTime deixasse de funcionar naqueles que possuem iPhones e iPad mais antigos. Parece que isso afecta os dispositivos em execução no iOS 9, que são basicamente modelos muito antigos de iPhones e iPad.

iOS 13.4

Isso inclui o iPad 2, o iPad de terceira geração, o iPhone 4S, o iPad mini de primeira geração e o iPod touch de quinta geração. Segundo os utilizadores, após a actualização para o iOS 13.4, eles deixaram de conseguir ligar-se a esses dispositivos via FaceTime. Segundo um representante da Apple que falou com um dos utilizadores que se queixou desse problema:

"recebemos informações sobre esse problema e quero garantir que o problema seja resolvido o mais rápido possível".

Em qualquer outra ocasião isso podia não ser um problema muito grave, mas como referi, com as pessoas forçadas a manter-se em suas casas, e longe dos amigos e familiares, ferramentas como o FaceTime tornaram-se mais importantes do que nunca.

Por agora resta esperar que a Apple lance uma correcção para esse problema em breve, e enquanto isso não acontece, se quiser evitar esses problemas, deverá deixar a actualização do iOS 13.4 para uma data posterior.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.