Alerta: Aplicações de saúde mental são um perigo para a sua privacidade

Alerta: Aplicações de saúde mental são um perigo para a sua privacidade

2 Maio, 2022 0 Por Joel Pinto

Segundo a Mozilla as aplicações de saúde mental devem ser evitadas

Hoje em dia existem aplicações para tudo e mais alguma coisa, já que agora elas fazem parte dos negócios das empresa. No entanto, a Mozilla está a fazer um alerta sobre aquelas que abordam a saúde mental, já que elas escondem um lado sombrio. Segundo eles revelam, muitas das aplicações têm sérias preocupações com a privacidade, e muitas delas deliberadas, que é algo inconveniente uma vez que abordam temas muito íntimos.

No seu último relatório, a Mozilla alerta para o grande número de softwares disponíveis para Android e iOS. Das trinta e duas aplicações analisadas, e somente ​​entre as mais descarregadas, apenas três são realmente seguras, e todas as outras utilizam práticas inescrupulosas.

Muitas dessas aplicações não incentivam o utilizador a proteger os seus dados pessoais, permitindo que criem passwords muito simples. Pior ainda, algumas aplicações, como o Woebot, chegam a partilhar dados com empresas terceirizadas para fins comerciais. O utilizador realmente deseja que dados desse tipo sejam monetizados? Não creio. Por sua vez, o Talkspace grava todas as conversas privadas na sua aplicação.

As aplicações dedicadas à saúde mental não são os únicos nesse caso, já que alguns que possuem temática religiosa também possuem um funcionamento muito semelhante. Aqui, novamente, estamos perante algo íntimo, e que é extremamente problemático.

saúde mental

Deve-se notar que essas aplicações são exclusivamente de língua inglesa e dizem respeito principalmente ao mercado americano, no entanto, é preciso ter muito cuidado. Se estiver à procura de software desse tipo, é altamente recomendável não descarregar aquelas que estão listadas pela Mozilla.

Felizmente, nem todas são más, e a empresa revela "três bons alunos", que são as Wysa, Headspace e PTSD Coach, uma aplicação do governo dos EUA.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.