Análise Sony WH-1000XM5: A qualidade que a Sony já nos habituou

Análise Sony WH-1000XM5: A qualidade que a Sony já nos habituou

6 Agosto, 2022 0 Por Joel Pinto

Anunciados no passado mês de Maio, os Sony WH-1000XM5 é um novo fone de ouvido que veio para suceder o já altamente popular WH-1000XM4. No entanto, a empresa promete muitas melhorias em relação ao seu antecessor.

E como podem ter reparado pelo titulo deste artigo, ele é mesmo referente à minha análise dos Sony WH-1000XM5. Será que são tão bons como a marca os "vende"? É isso que vamos verificar, mas fique já com a ideia, que não vai ficar desanimado.

A aparência é um dos maiores factores que os compradores levam em consideração ao comprar um par de fones de ouvido e, por mais que gostemos de acreditar que as funções superam tudo no mundo da tecnologia, há apenas meia dúzia de marcas que têm sucesso com um design desavergonhadamente feio. No entanto, a Sony acertou em cheio no design do WH-1000XM5 com uma linguagem como “silencioso” a ser utilizada para descrever o que é essencialmente um modelo estremamente elegante e fino.

A sua ficha de especificações fala de um design melhorado para evitar o ruído do vento, no entanto, nunca achei que esse fosse um problema para os fones da Sony. Mas de um modo geral, posso afirmar que adoro o seu design.

Estes WH-1000XM5 utiliza plástico ABS na sua construção, mas na mão são leves e sente-se robustos e resistentes. No entanto, e por uma questão de gosto pessoal, sinto falta de um design articulado e da banda superior de metal, que lhe daria maior segurança, pelo menos em termos de durabilidade. A Sony anuncia que o produto pesa 250g, pessoalmente, preferia que fossem um pouco mais pesados, mas que contasse com uma banda superior em metal.

No entanto, a Sony sabe o que faz, e isso sente-se no seu conforto. A espuma de memória é abundante, a sua banda superior que está envolta em couro (sintético), e os próprios fones de ouvido, beneficiam do mesmo material. Eles são realmente muito confortáveis mesmo após utilização prolongada (testei os mesmos durante 7 horas praticamente seguidas em diversas ocasiões), já que em momento algum senti desconforto. Há um bom equilíbrio entre uma banda superior que é forte o suficiente para segurar os fones de ouvido na nossa cabeça, e uma que causa dor nas orelhas, e a verdade é que os WH-1000XM5 tem um ponto de equilíbrio perfeito nesse sentido.

O seu ajuste é encontrado no controlo deslizante de plástico ABS que substitui a banda superior de metal (que pode ver na imagem acima). Aqui mais uma vez, não tive qualquer problema com a adaptação ao tamanho da minha cabeça.

E se o conforto é bom, e qualidade sonora não é pior. A qualidade do som no WH-1000XM5 tem tudo aquilo que esperamos de um dispositivo Premium da Sony. Agudos, graves, médios, tudo está bem presente, com muita qualidade e que dá prazer escutar. Quer oiça Rock, Pop, Hip-Pop ou até musica clássica, eles não os vão desapontar.

Eu utilizei este fones de ouvido durante mais de uma semana, e durante o horário de trabalho, em que misturava o Spotify, vídeos de Youtube a correr, e chamadas telefónicas, e tudo soa muito bem. No entanto, não posso de dar um especial destaque à sua tecnologia de cancelamento de ruído. É que se já esperava um bom cancelamento de ruído, este WH-1000XM5 mostra que a marca sabe o que os utilizadores precisam de um pouco mais do que apenas um bom isolamento.

A inclusão do controlo de ruído ambiente baseado em localização é provavelmente o melhor que já experimentei. Em essência, os fones de ouvido ajustam a quantidade de ruído ambiente que oferece com base no cenário actual. Por exemplo, quando saí do escritório e caminhava pela rua, os fones de ouvido entendem que não me podia silenciar completamente, como tal eles adaptaram-se e ofereceram um toque de ruído ambiente que conseguia ouvir os passos das outras pessoas, a respiração de quem estava perto de mim. Alem disso, à medido que me ia aproximando de uma linha de caminhos de ferro, os fones de ouvido começam a silenciar grande parte do ruído ambiente. Subi para o comboio e eles voltam a ajustar o ruído ambiente.... tudo sem qualquer intervenção da minha parte, que a meu ver é simplesmente brutal.

Obviamente, o sistema não é perfeito, às vezes queremos um pouco mais de isolamento, mas isso pode ser alterado com um botão físico nos próprios fones de ouvido, ou no smartphone.

Resta-me falar sobre a sua autonomia. A Sony fala em 30 horas com Bluetooth e cancelamento de ruído activado. Se desligar o cancelamento de ruído, a empresa promete 40 horas de utilização. E informo já, que não testei um ciclo de utilização sem cancelamento de ruído, no entanto, fiz 2 ciclos com o mesmo, e na primeira vez consegui pouco menos de 28 horas de utilização e no segundo consegui um pouco mais de 28 horas. É, a meu ver, mais do que suficiente. Para os carregar, utilizamos a sua porta USB-C.

Sony WH-1000XM5

Veredicto Final Sony WH-1000XM5

Leves e confortáveis, grande qualidade sonora, um cancelamento de ruído que funciona como nenhum outro, torna estes Sony WH-1000XM5 dos melhores que já utilizei.

A única alteração que fazia, era mesmo o da inclusão de uma banda superior em metal, mas para a Sony optar por não utilizar, é porque viu motivos para isso, seja a nível de conforto ou peso. De resto, e apesar deles não serem propriamente baratos (450 euros no momento em que esta análise está a ser escrita), dificilmente encontrará uma melhor relação de qualidade e preço no mercado.

Como tal, não é difícil imaginar que vou ter de dar da nota máxima a estes Sony WH-1000XM5:

Estes fones de ouvido foram-nos gentilmente disponibilizados pela Sony para que fosse possível realizar esta review. Se quiser, pode aceder à página oficial do produto aqui.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook, no, Threads, do Instagram, do BlueSky e do X? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.

Joel Pinto

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este é o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.

Informático de profissão, e apaixonado por novas tecnologias, desportos motorizados e BTT.