Wi-Fi 7: Tudo o que precisa de saber sobre o novo padrão

Wi-Fi 7: Tudo o que precisa de saber sobre o novo padrão

20 Janeiro, 2024 0 Por Joel Pinto

Após os avanços do Wi-Fi 6 e 6E, o Wi-Fi 7 entra em ação, oferecendo uma experiência online sem precedentes. A Wi-Fi Alliance, no seu comunicado de 8 de janeiro de 2024, anunciou a certificação desta nova norma que promete grandes avanços, nomeadamente em termos de rendimento, eficiência e fiabilidade. Este padrão destaca-se com uma velocidade máxima de 46 Gbps, marcando uma clara melhoria em relação aos padrões anteriores.

Testes realizados pela Qualcomm, em 2023, revelaram as capacidades impressionantes do Wi-Fi 7. Utilizando de forma ideal o espectro de 6 GHz, ele atinge velocidades quase cinco vezes maiores que o Wi-Fi 6E e treze vezes mais rápidas que o Wi-Fi 6E. O Link Operation (MLO) é uma inovação chave do Wi-Fi 7, permitindo não apenas altas velocidades, mas também latência extremamente baixa, mesmo nos ambientes mais movimentados, consumindo menos energia. Esses avanços posicionam este novo padrão como o padrão que oferece a “melhor experiência online”.

A visão do Wi-Fi 7

Rahul Patel, da Qualcomm, destaca que ele representa um enorme salto em frente, abrindo caminho para um ecossistema expandido de redes e dispositivos:

“Juntos, estamos a avançar, abrindo caminho para um vasto ecossistema de redes, dispositivos e casos de uso Wi-Fi 7 que ajudarão a redefinir o mundo em que vivemos, trabalhamos e nos conectamos."

O Wi-Fi 7, denominado IEEE 802.11be Extremely High Throughput (EHT), usa não apenas a banda de 6 GHz, mas também as bandas de 2,4 e 5 GHz. Possui uma largura de banda notavelmente ampla de 320 MHz e integra tecnologias avançadas como 4096-QAM e Multi-RU, além de Multi-Link. Enquanto o Wi-Fi 6 respondeu ao aumento do número de dispositivos conectados, ele visa fornecer velocidades muito mais altas, essenciais para tecnologias de realidade virtual e aumentada.

Wi-Fi 7

Impacto e escopo do Wi-Fi 7

O Wi-Fi Alliance prevê um grande impacto no mercado, com 233 milhões de dispositivos Wi-Fi 7 em funcionamento em 2024 e um total de 2,1 mil milhões em 2028. Esta expansão massiva ocorre num momento em que aproximadamente 30% da população mundial permanece offline. E este padrão poderá, portanto, desempenhar um papel crucial na redução da exclusão digital e na melhoria do acesso à conectividade rápida e confiável em todo o mundo.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook, no, Threads, do Instagram, do BlueSky e do X? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.

Joel Pinto

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este é o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.

Informático de profissão, e apaixonado por novas tecnologias, desportos motorizados e BTT.