Aí está o primeiro aumento de preços da Netflix em 2022

Aí está o primeiro aumento de preços da Netflix em 2022

15 Janeiro, 2022 0 Por Joel Pinto

É uma daquelas noticias que ninguém gosta de ter, mas é a pura realidade. A Netflix voltou a aumentar o preço das suas assinaturas nos Estados Unidos e no Canadá, e não é e estranhar que o mesmo aconteça em outros mercados nos próximos meses.

A assinatura padrão, que permite duas transmissões simultâneas, agora custa $15,49 por mês nos EUA, contra os $13,99 que custava até agora. Os preços entrarão em vigor imediatamente para os clientes, e este é o primeiro aumento de preços nesses mercados desde o outono de 2020 . Nos EUA, o aumento de preço passa por todos os níveis de assinatura, a assinatura básica aumenta $1 para os $9,99, o nível premium 4K aumenta $2 que agora passa a custar $19,99 por mês.

Numa declaração enviada a vários meios de comunicação, um representante da Netflix deu uma explicação para o aumento de preço, cujo significado deve conseguir facilmente adivinhar.

“Sabemos que as pessoas têm mais opções de entretenimento do que nunca e estamos a fazer todos os esforços para oferecer uma experiência ainda melhor para os nossos membros. Estamos a actualizar os nossos preços para que possamos continuar a oferecer uma ampla variedade de opções de entretenimento de qualidade. Como sempre, oferecemos uma variedade de tarifas para que os nossos membros possam escolher um preço adequado ao seu orçamento.”

Provavelmente isso significa que as produções estão cada vez mais caras, mas é claro que eles querem “ganhar ainda mais”.

Netflix

Netflix aumenta o preço das suas assinaturas nos EUA e Canadá

No entanto, ainda não se sabe se esse aumento de preço já se reflecte nos cancelamentos do serviço, e também ainda não se sabe se a Netflix também aumentará os seus preços na Europa.

Numa altura em que as plataformas de streaming são mais do que muitas, ou seja, a concorrência é muita, sucessivos aumentos de preço certamente não será benéfico para a empresa. Certamente alguns milhares de clientes irão desistir do serviço por causa desse aumento, mas o valor cobrado a mais a milhões de clientes que se manterão com o serviço activo, irá certamente compensar.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.