Microsoft trabalha num novo assistente de configuração do Windows 10

Microsoft trabalha num novo assistente de configuração do Windows 10

8 Outubro, 2020 0 Por Joel Pinto

O Windows 10 é provavelmente o sistema operativo mais utilizado no planeta. Quer seja para aquele utilizador que só usa para aceder à Internet, como para aquele que precisa de trabalhar diariamente, ou até mesmo para aquele gamer mais entusiasta. A verdade é que o sistema operativo da Microsoft é muito flexível, e adapta-se a qualquer utilizador.

A Microsoft está bem ciente da versatilidade que o seu sistema precisa de ter, e apesar de não serem esperados novos recursos na nova versão do Windows 10 (20231), é esperado um assistente de configuração para personalizar o sistema às necessidades de cada um de nós. Antes um tanto longa e tediosa, a configuração do Windows agora pode ser mais rápida e, o mais importante, mais adequada às suas necessidades. Com um novo ecrã de configuração, a Microsoft procurará saber o uso que fará do seu computador e oferece várias categorias para isso: jogos, família, criatividade, estudos, entretenimento e finalmente trabalho.

Windows 10 configuração

Windows 10 contará com um novo guia de configuração

O objectivo declarado da Microsoft é entendê-lo melhor para, certamente, agilizar o processo de configuração e obter uma máquina mais capaz de atender às suas necessidades. Imaginamos claro que se o computador não se destina a trabalho ou estudos, a empresa Redmond não mostrará as configurações do Microsoft 365, embora pudesse destacar o Xbox Game Pass se o computador destina-se principalmente a jogos. E isto é só um exemplo.

No entanto, esse ecrã de configuração está sujeito a alterações, uma vez que esta versão do Windows 10 ainda está disponível apenas como uma compilação para programadores do programa Windows Insider. Entre as outras etapas, encontramos a configuração da Cortana, e a ligação a uma conta da Microsoft e OneDrive. Esta versão também deve trazer novas opções sobre a gestão de associações de ficheiros padrão de uma aplicação, e as habituais correcções de bugs.

Resta saber se a Microsoft vai impor esse ecrã de configuração na versão final do Windows 10 20231 e, principalmente, se a empresa vai de facto usar esses dados para acelerar o processo de configuração do seu sistema operativo.

FONTE

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.