Microsoft reconsidera e autoriza a instalação do Windows 11 em PCs "antigos"

Microsoft reconsidera e autoriza a instalação do Windows 11 em PCs "antigos"

27 Agosto, 2021 Não Por Joel Pinto

A Microsoft fez algumas alterações em relação à instalação de Windows 11 nos PCs "antigos". E com essa mudança passa a ser possível para os utilizadores de equipamentos um pouco mais antigos instalar o sistema operativo. Para isso, só vão precisar de fazer uma instalação clássica, descarregando o ficheiro ISO do sistema.

O Windows 11 requer uma configuração técnica mínima para instalar. Por exemplo, precisa de pelo menos um processador Intel de 8ª geração. Mas quem tiver um modelo de 7ª geração ou anterior ainda poderá fazer a instalação. Na verdade, a Microsoft disse ao pessoal do The Verge que a verificação dos componentes ocorre apenas quando um utilizador no Windows 10 passa pelo Windows Update para migrar para o Windows 11. Passando pela ISO, não há qualquer verificação.

Quem tem um PC "antigo" e deseja instalar o Windows 11, basta aceder ao site da Microsoft e descarregar o respectivo ISO. Será grátis. Em seguida, terá que abrir o instalador e seguir as instruções exibidas no ecrã para mudar para o novo sistema operativo.

Instalando o Windows 11 através do ISO não haverá verificação de hardware

O que acontecerá com aqueles que instalarem o Windows 11 nos seus PCs "antigos"? A Microsoft diz que alguns drivers podem não funcionar, o que pode impedir que tenha uma boa experiência no dia-a-dia. Além disso, a Microsoft afirma que os dispositivos que não atendem aos requisitos mínimos de hardware apresentam 52% mais interrupções envolvendo o kernel. A Microsoft afirma ainda que dispositivos que atenderam às especificações mínimas oficiais foram 99,8% livres de falhas.

No processo, a Microsoft anunciou terem revisto a configuração técnica mínima (para aqueles que passarão pelo Windows Update). O Windows 11 acabará por suportar os processadores Intel Core X, Xeon W e Intel Core 7820Q. O último será compatível com dispositivos que possuem drivers modernos baseados em Aplicações Declarativas, Componentizados e de Suporte de Hardware (DCH). Este é particularmente o caso do Surface Studio 2. No entanto, não há suporte oficial para os processadores AMD Zen 1.

Por fim, a Microsoft oferece uma nova versão da sua aplicação para verificar a compatibilidade do seu PC com os requisitos do Windows 11. Está disponível em versão de teste neste endereço.