Dados pessoais de milhares de eleitores nos EUA violados por Hackers iranianos

Dados pessoais de milhares de eleitores nos EUA violados por Hackers iranianos

2 Novembro, 2020 0 Por Sandro Sotto

Um grupo de Hackers Iranianos conseguiram aceder aos dados pessoais de milhões de eleitores Norte Americanos, quando estamos a poucos dias das eleições nos EUA. Depois de ter obtido esses dados pessoais, os hackers enviaram emails ameaçadores aos mesmos, e há agora necessidade de intervenção das forças de segurança nacional.

O FBI e a Agência dos Estados Unidos para Segurança Cibernética e Infraestrutura (CISA) confirmam parcialmente a autenticidade de um vídeo distribuído como parte de uma campanha de desinformação. Esse video atraiu brevemente a atenção quando fez uma aparição pública, há alguns dias. Especialistas que examinaram a filmagem disseram que era pouco mais do que uma tentativa de assustar os eleitores, e põe em causa a integridade da eleição presidencial de amanha, 3 de Novembro.

O FBI e a CISA confirmaram que os hackers iranianos conseguiram "obter dados de eleitores em pelo menos um estado", apesar do nome desse estado permanecer secreto. No entanto, as pistas no vídeo sugerem que se trata do Alasca.

Hackers iranianos

Hackers iranianos causam estragos nos EUA

Em todo caso, o FBI e a CISA garantem que os hackers iranianos também analisaram os sites eleitorais de pelo menos 10 outros Estados. Eles estavam à procurar de falhas de segurança para poder explorar.

Naturalmente, esta operação de hackers iranianos preocupa, pois as plataformas lutam contra a desinformação. Vários meios de comunicação garantem que a Rússia contribuiu para a eleição de Donald Trump, em 2016. Desta vez, várias medidas são tomadas para evitar qualquer interferência da nova eleição presidencial, principalmente nas redes sociais.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.