Apple Watch domina indiscutivelmente mercado de smartwatch

Apple Watch domina indiscutivelmente mercado de smartwatch

4 Maio, 2019 0 Por Joel Pinto

Ao contrário do mercado de smartphones, o mercado de smartwatch continua a crescer, e o Apple Watch continua a dominar esse mercado. As estatísticas partilhadas pelo Contrapoint referentes ao primeiro trimestre de 2019 são a prova do constante crescimento desse tipo de produto: os embarques cresceram 48% em relação ao mesmo período do ano passado.

Mais do que um smartwatch vendido em cada três é um Apple Watch, fazendo com que o produto da Apple tenha agora uma participação de mercado na ordem dos 35,8%, e os embarques cresceram 49% numa base anual, apesar do declínio acentuado nas vendas do iPhone.

Um sinal claro de que a apreciação da Série 4 é realmente grande. Entre outras coisas, segundo uma pesquisa recente realizada pela Counterpoint, a funcionalidade de ECG do Apple Watch 4 é a mais desejada.

A Samsung é a segunda em participação de mercado, mas ainda muito distante da Apple, com 11,1%. No entanto, este é um crescimento notável, já que cresceu mais do que o dobro do que a Apple, em comparação ao mesmo período do ano passado: + 127% . O mérito do sucesso vai para a nova geração do Galaxy Watch, que oferece melhor autonomia do que antes e embora tenha o sistema opertivo Tizen, é o produto ideal para ser emparelhado com um smartphone Android.

A Huawei também teve bons números, tendo um crescimento de 2,8% graças ao mais recente Huawei Watch GT, elegante e numa marca cada vez mais conhecida entre o público em geral.

As previsões são otimistas para o futuro. Em vez de falar sobre números, o Counterpoint diz que os ecrãs dobráveis também estão a chegar ao mundo dos smartwatches, e apesar de estamos nos primeiros estágios, representados pelo Nubia Alpha. Os seguintes dispositivos devem, no entanto, ser mais elegantes, compactos e resistentes, sem sacrificar o estilo, a intuição e a experiência consistente do utilizador do software.

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.