Apesar de ainda não ter sido lançado, Diablo 4 será frequentemente atualizado pela Blizzard

Apesar de ainda não ter sido lançado, Diablo 4 será frequentemente atualizado pela Blizzard

17 Junho, 2022 Não Por Sandro Sotto

Diablo 4 é um dos jogos mais aguardados dos últimos tempos pelos fãs, e apesar de não ter nem sido lançado, a Blizzard, sua desenvolvedora, já revelou que o título receberá atualizações frequentes ao longo dos anos, incluindo diversas expansões completas da histórias e cosméticos pagos.

No último domingo (12), foram revelados mais alguns detalhes sobre o título da Blizzard, como um trailer mostrando sua nova jogabilidade durante o Xbox Bethesda Game Showcase. E o chefe da franquia que arrasta milhões de fãs por todo o mundo, Rod Fergusson, fez algumas revelações acerca de D4 no Twitter.

"Para deixar claro, [Diablo 4] é um jogo de preço integral construído para o público de PC/[PlayStation]/Xbox. Estamos comprometidos em fornecer uma variedade incrível de conteúdo após o lançamento, nos próximos anos, ancorados em itens cosméticos opcionais e expansões baseadas em histórias completas", apontou o executivo.

Pelas informações divulgadas, ainda não fica claro a quantidade de pacotes de conteúdo adicional que serão desenvolvidos e lançados para o Diablo 4, nem a frequência em que essas novidades serão disponibilizadas ao público após o lançamento do título, que está previsto para 2023. No entanto, Fergusson garantiu que novos detalhes serão anunciados em breve.

O título anterior da franquia, o icônico Diablo 3, foi lançado há uma década, em 2012, e recebeu duas grandes expansões referentes a sua história: Reaper of Souls, lançada em 2014 e Rise of The Necromancer, em 2017. Com isso, alguns fãs já especulam que o próximo jogo da franquia deve seguir um caminho parecido, mas como dito anteriormente, as datas ou a quantidade de futuras atualizações não foram confirmadas pela Blizzard.

Até aqui, a desenvolvedora norte-americana confirmou apenas que Diablo 4 terá crossplay e crossplataforma: ou seja, os jogadores de Xbox, PS4, PS5 e PC poderão se encontrar durante sua jogatina. Sendo que a quinta classe da versão inicial do jogo foi finalmente revelada, e como muitos fãs já especulavam, será o Necromante.

Infelizmente, como dito anteriormente, o game será lançado somente em 2023, sendo que não foi revelado se será no primeiro ou segundo semestre. Contudo, os fãs de uma boa jogatina e que querem ter algumas horas de entretenimento não precisam ficar esperando até lá, já que plataformas como os cassino evolution, onde o usuário joga com dealers reais e recebem um belo incentivo inicial ao realizar seu cadastro. Com isso, o jogador pode se divertir horas a fio com uma variedade de games, como poker, roleta e blackjack, gastando pouco e sem precisar sair de casa.

Diablo 4 Blizzard

Banido de alguns países

A reputação da Blizzard não anda muito bem no mundo gamer, principalmente após o lançamento do famigerado Diablo Immortal, também conhecido como jogo que ninguém pediu.

Antes mesmo do seu lançamento, o título foi banido de alguns países, como Bélgica e Holanda, que consideraram ilegais os loot boxes ou caixas de loot presentes no game. Além disso, assim que foi anunciado, ainda em 2018, o Diablo Immortal angariou diversas críticas negativas, já que ele seria um título exclusivo de mobile. Por conta disso, a empresa mudou de ideia e na época chegou a afirmar que suas raízes estão fundamentalmente no PC.

Boa parcela da comunidade gamer não enxerga com bons olhos os loots boxes, que são uma alternativa de monetização onde os usuários compram caixas que contém itens aleatórios, podendo eles serem cosméticos ou não, sendo que os compradores não têm qualquer controle sobre o que virá a ser sorteado. Com isso, muitos acusam os jogos que utilizam essa alternativa de monetização de implementarem um sistema onde é praticamente impossível avançar no game e criar um personagem competitivo sem gastar uma grande quantia de dinheiro real.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.