Android 12 vai facilitar o processo de actualizações de sistema

Android 12 vai facilitar o processo de actualizações de sistema

26 Novembro, 2020 0 Por Joel Pinto

Apesar de o Android 11 ainda não ter uma implementação digna, isso não significa que a Google já não esteja a trabalhar no seu sucessor, o Android 12. E agora, segundo está a ser revelado, com essa versão a Google vai permitir que se instale facilmente actualizações de sistema... através da Play Store. Com o Project Mainline, o gigante das pesquisas espera melhorar o nível de segurança dos smartphones Android, que são muito dependentes da capacidade de resposta das fabricantes.

Para quem não conhece o Project Mainline, foi lançado pela Google em 2019 e é uma iniciativa para simplificar a implantação, e instalação, de actualizações do Android. Em termos práticos, o projecto permite que uma fabricante Android actualize componentes críticos do sistema de uma forma imperceptível para o utilizador. Ele também permite que as fabricantes de componentes instalem facilmente actualizações através da Play Store. Assim, a Qualcomm começou a actualizar os drivers de GPU do seu Snapdragon 865, separadamente das actualizações do sistema.

Mais importante, o Project Mainline liberta a Google das fabricantes Android, considerados não reactivos o suficiente para implementar actualizações de segurança nas suas próprias interfaces. Agora a Google é capaz de implantar uma actualização de segurança através da Play Store por conta própria, sem esperar que as marcas o façam. Essa mudança melhora a frequência de implantação de actualizações de segurança.

Project Mainline

Project Mainline irá facilitar o processo de actualizações no Android 12

Com o Android 12, a Google quer ir ainda mais longe. Segundo o pessoal do XDA Developers, a actualização para o Android 12 permitirá que o Google lance actualizações para os principais componentes do sistema, através da Play Store. Até agora, a empresa de Mountain View contentou-se em comunicar o seu patch de segurança aos fabricantes. As actualizações do sistema eram de responsabilidade dessas mesmas fabricantes.

Assim, o utilizador não terá que esperar semanas, ou mesmo meses, para ter acesso a uma melhoria na funcionalidade, ou em uma correcção de segurança urgente. A Google transmitirá o firmware directamente para a Play Store, independentemente da interface do smartphone. Em detalhes, a Google está a transformar o módulo Android Runtime (ART) num módulo Mainline. Este módulo deixa de depender das fabricantes, e passa a depender directamente da Google.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.