AMD lança uma nova BIOS para resolver os problemas dos AMD Ryzen de terceira geração

AMD lança uma nova BIOS para resolver os problemas dos AMD Ryzen de terceira geração

11 Setembro, 2019 0 Por Joel Pinto

Tal como estava prometido, a AMD anunciou ontem uma actualização abrangente para o comportamento do processador AMD Ryzen de terceira geração, comportamento inactivo da área de trabalho e um novo SDK de monitorização. As BIOS, baseadas no AGESA 1003ABBA, foram lançados para os parceiros, fabricantes de motherboards, e espera-se que as BIOS flexíveis estejam disponíveis em aproximadamente duas semanas, dependendo dos cronogramas de teste e implementação das fabricantes.

O feedback dos utilizadores sobre como os produtos da AMD operam no mundo real é muito importante para a empresa, e ela entende que há alguns utilizadores que expressaram as suas preocupações sobre a sua capacidade de atingir a frequência máxima dos seus produtos. A nova BIOS resolve esse problema implementando a optimização de desempenho para melhorar a frequência que adicionará aproximadamente 25-50MHz às frequências de reforço actuais em várias cargas de trabalho.

Esta versão também aborda uma actualização do comportamento ocioso da área de trabalho, fornecendo um "filtro de actividade" que capacita o algoritmo de aumento do CPU a desconsiderar o SO intermitente e o ruído de fundo da aplicação.

Ryzen 3000 BIOS

Além disso, disponível para download público a 30 de Setembro, a AMD anunciou que lançará o AMD Monitoring SDK, projectado para oferecer suporte a qualquer pessoa na criação de um utilitário de monitorização público que possa relatar de maneira confiável uma série de métricas importantes do processador, e de maneira consistente. Como uma prévia do que o novo SDK pode ativar, o AMD Ryzen Master já inclui a nova API de Média Tensão, pronta para download desde ontem.

Para informações mais detalhadas, visite a publicação no blog da Comunidade AMD, aqui.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos.