Microsoft está a levar os jogos de PC da Xbox para o Nvidia GeForce Now

Microsoft está a levar os jogos de PC da Xbox para o Nvidia GeForce Now

21 Fevereiro, 2023 0 Por Joel Pinto

Hoje revelei aqui que a Microsoft revelou mais alguns detalhes do seu acordo com a Nintendo que garante que os jogos da série “Call of Duty” vão aparecer nas plataformas da empresa durante dez anos. Mas isso não era tudo.

A Microsoft também está a levar os seus jogos de PC, da Xbox, para o serviço de jogos em nuvem da Nvidia, o GeForce Now, num acordo que também é válido por 10 anos. Numa conferência de imprensa em Bruxelas, Brad Smith, Presidente da Microsoft, anunciou esta notícia e a Nvidia também publicou uma notícia sobre o assunto.

O acordo permitirá que os jogadores transmitam jogos de PC da Xbox no GeForce NOW. Além disso, os títulos para PC da Activision Blizzard, como Call of Duty, tambem será disponibilizados se for conseguida a conclusão da aquisição da Activision pela Microsoft.

“A Xbox continua a esforçar-se para dar às pessoas mais opções e encontrar formas de expandir a forma como jogam”, disse Phil Spencer, CEO da Microsoft Gaming. “Esta parceria ajudará a expandir o catálogo de jogos da Nvidia para incluir jogos como Call of Duty e dar aos programadores mais opções para oferecer streaming de jogos. Estamos ansiosos para dar aos jogadores mais formas de jogar os jogos que amam.”

Nvidia concorda com a aquisição da Activision pela Microsoft

Claro, a Microsoft não pensa nos outros, mas principalmente em si mesma e no seu plano de aquisição da Activision Blizzard, que ainda precisa de ser aprovado pelas autoridades americanas. De qualquer forma, a Nvidia agora está do seu lado:

A parceria oferece aos jogadores mais opções e resolve as preocupações da NVIDIA em relação à aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft. A NVIDIA, portanto, oferece suporte total para a aprovação regulamentar da aquisição.

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.