Facebook e Ray-Ban estão a trabalhar em conjunto num par de óculos conectados

Facebook e Ray-Ban estão a trabalhar em conjunto num par de óculos conectados

1 Agosto, 2021 Não Por Joel Pinto

Não é incomum ver gigantes da tecnologia que se especializaram em software que decidem entrar no mundo do hardware. O Facebook já teve essa experiência, e parece que está a preparar uma nova tentativa, e desta vez em colaboração com a Ray-Ban. Segundo parece, as duas empresas estão de braço dado, na preparação de um par de óculos conectados.

Em 2019, rumores já davam conta da possibilidade de o Facebook estar à procura de forma de desenvolver o seu próprio par de óculos conectados, e parece que o gigante das redes sociais estava a trabalhar com a Ray-Ban neste projecto. Agora, novas informações dão conta de que esse rumor afinal eram mesmo verdadeiros.

A comprovar isso, foi que durante a reunião para apresentação dos resultados financeiros do Facebook, que foi realizada esta semana, o chefe da empresa, Mark Zuckerberg , confirmou essa informação. Segundo as declarações de Mark Zuckerberg feitas durante esta intervenção:

“para o futuro, o próximo produto serão os nossos primeiros óculos conectados concebidos com a Ray-Ban em parceria com a EssilorLuxottica. Esses óculos assumem a forma de culto da marca e farão coisas muito interessantes. ”

Ray-Ban é o parceiro do Facebook na preparação de óculos conectados

Segundo o próprio Facebook, de momento ainda é muito cedo para listar os recursos, e funcionalidades, desses óculos inteligentes. As afirmações de Mark Zuckerberg são ainda mais vagas, embora, e como aponta o The Verge, o gigante americano já tenha declarado que esses óculos não contam com qualquer ecrã integrado. Portanto, certamente será necessário eliminar a realidade aumentada, mas podemos confiar no Facebook para tornar tudo atraente, pelo menos funcionalmente.

Nos últimos anos, vimos várias empresas a tentar ocupar esse lugar no mercado, após a retirada da Google e dos seus Google Glass. A Snap lançou os seus programas e, mais recentemente, a Amazon também o experimentou com os seus Echo. Até a Apple está supostamente a trabalhar no seu próprio par de óculos inteligentes, um produto que pode ser lançado nos próximos anos.