McDonald's queria oferecer DualSense personalizados mas a PlayStation não deixa

McDonald's queria oferecer DualSense personalizados mas a PlayStation não deixa

5 Agosto, 2021 Não Por Joel Pinto

A forte procura pela PlayStation 5 parece não ter fim, e a Sony não consegue fabricar a quantidade suficiente de consolas para satisfazer o que o mercado pede no imediato. Mas a empresa não é a grande responsável por isso, já que a falta de componente é o principal responsável dessa situação. No entanto, isso não significa que a consola não esteja a ser um sucesso, e a prova disso é que em menos de 8 meses a empresa já conseguiu vender 10 milhões de unidades, que é um recorde para a empresa.

Ciente de que a consola é um sucesso, a cadeia de fastfood, o McDonald's, na Austrália, em breve irá celebrar o 50º aniversário da empresa, e queria aproveitar o sucesso da consola para promover a ocasião. A ideia era muito simples, a empresa iria personalizar o DualSense (o comando da PlayStation 5) com as cores da empresa, e iria sortear o mesmo com os seus clientes.

O facto de ser, ou não, bonito, parte de cada um de nós, mas uma coisa é certa, a Sony não gostou dessa ideia, e bloqueou essa possibilidade. Após o veto da PlayStation, a empresa de fastfood rapidamente fez sair um comunicado a dar conta do cancelamento da operação.

DualSense "McDonald's Edition"

PlayStation não quer um DualSense "McDonald's Edition"

Por mais estranho que possa parecer, a McDonald's não consultou a sua equipa de advogados para garantir que tal parceria fosse viável. Parece de facto que a Sony nunca deu o seu acordo para o uso do DualSense na comunicação da empresa:

“A Sony PlayStation não autorizou o uso do seu controlador em material promocional relacionado ao evento da Stream Week proposto, e pedimos desculpas por qualquer inconveniente causado. McDonald's Stream Week foi adiada e os controladores Sony PlayStation não serão incluídos nos brindes”, disse o McDonald's. “A imagem foi fornecida à comunicação social por engano e não há relação comercial entre o McDonald's Austrália e o Sony PlayStation”, afirma a marca.

Um belo fracasso do lado da equipa de marketing do McDonald's, portanto, cuja operação é mais comentada pelo projecto questionável dos comandos do que pelo motivo original.

FONTE