YouTube revela novas actualizações ao YouTube Charts

YouTube revela novas actualizações ao YouTube Charts

13 Setembro, 2019 0 Por Joel Pinto

Desde o saudoso programa "American Bandstand" ao programa  "TRL" transmitido pela MTV, todas as gerações encontram, naturalmente, o seu próprio barómetro para encontrar as músicas e artistas mais populares do momento. Para a geração de hoje, é o YouTube. Simplesmente, não há actualmente forma melhor de medir a música que se ouve no mundo inteiro do que no YouTube. A Google diz esforçar-se todos os dias para mostrar e celebrar os melhores artistas, músicas e videoclipes de todo o mundo.

Hoje, a empresa partilhou algumas mudanças importantes já implementadas no YouTube Music Charts, o local obrigatório para se ver o que é popular, o que está em ascensão e quais as tendências a nível local e global no YouTube. Também partilhou actualizações sobre como determinam quais os vídeos elegíveis para o estatuto de vídeos em estreia mais vistos no YouTube nas primeiras 24 horas.

O YouTube Music Charts tornou-se uma fonte indispensável para a indústria e o local mais preciso para medir a popularidade das músicas na maior plataforma de música do mundo. Num esforço para proporcionar uma maior transparência à industria e haver um alinhamento com as políticas de empresas como a Billboard e a Nielsen, A Google deixou de contabilizar as visualizações de publicidade paga no YouTube para o cálculo do YouTube Music Charts. A partir de agora, os Artistas serão classificados no ranking de acordo com as visualizações orgânicas, já não são contabilizadas as visualizações de publicidade paga no cálculo dos gráficos musicais do YouTube. Os artistas agora serão classificados com base na contagem das visualizações orgânicas.

YouTube Charts

Nos últimos anos, fãs, artistas e as suas equipas divulgaram o número de visualizações que um vídeo recebe nas primeiras 24 horas como representação definitiva do seu impacto cultural no momento. A Google diz ter uma grande honra nisso, e que levam tal situação muito a sério. Ao mesmo tempo que procuram manter a consistência e a credibilidade da sua plataforma, tiveram de fazer algumas revisões na sua metodologia para reportar os dados relativamente às estreias mais vistas nas primeiras 24 horas.

O seu objetivo é garantir que o YouTube continue a ser um local onde todos os artistas são reconhecidos pelo seu sucesso e respectivos marcos nas suas carreiras profissionais,  Os vídeos elegíveis para os recordes das estreias mais vistas nas primeiras 24 horas serão aqueles que tiverem mais visualizações de fontes orgânicas nas primeiras 24 horas do lançamento público do vídeo. Inclui ligações diretas para o vídeo, resultados de pesquisa, sites externos que incorporam o vídeo e funcionalidade do YouTube, como a página inicial, Próximo Vídeo e Tendências. A publicidade em vídeo é uma maneira eficaz de alcançar públicos-alvo específicos através da estreia de uma música, mas as visualizações de publicidade paga não serão mais consideradas para o estatuto dos vídeos de estreia mais vistos nas primeiras 24 horas. Estas mudanças não terão impacto nos ainda detentores destes recordes no YouTube.
Permanecendo fiel à missão geral do YouTube em dar voz a todos e mostrá-los ao mundo, a Google quer celebrar todas as conquistas dos artistas no YouTube conforme determinado pelos seus fãs globais. São os artistas e os fãs que fazem do YouTube a melhor e mais precisa medida dos gostos musicais do mundo e eles pretendem mantê-lo dessa maneira.
Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos.