Xiaomi volta a falar no seu compromisso com a Segurança e Privacidade de Dados

Xiaomi volta a falar no seu compromisso com a Segurança e Privacidade de Dados

2 Julho, 2022 0 Por Joel Pinto

A Xiaomi voltou a comprometer-se na protecção dos dados dos seus clientes durante o Mês de Sensibilização para a Segurança e Privacidade, uma iniciativa anual dinamizada pela Xiaomi, que terminou na passada quinta-feira.

Durante o passado mês de Junho realizaram-se diversos eventos de formação para os funcionários e seminários de peritos no Parque Tecnológico Xiaomi em Pequim, na China, e no Centro de Operações Tecnológicas da Xiaomi, em Singapura.

Este foi o terceiro ano consecutivo em que a empresa realizou acções de formação especiais, tanto para a equipa de IT como para colaboradores de outras áreas, liderou discussões com responsáveis do sector e da indústria, peritos em segurança informática e ainda com o próprio público, sobre a importância da segurança dos dados e da protecção da privacidade dos utilizadores.

Além destas acções foram divulgados pela Xiaomi vários artigos com informação actualizada sobre segurança e privacidade, juntamente com o seu relatório anual de transparência, onde estão detalhadas todas as actividades de segurança de dados que a empresa leva a cabo.

O objectivo dos eventos desenvolvidos ao longo deste mês passou por reforçar as práticas de segurança e protecção da privacidade dos utilizadores, além de criar maior confiança nos produtos da Xiaomi através da transparência e responsabilidade.

A Xiaomi construiu uma estrutura de governação abrangente para a segurança dos dados e a privacidade dos utilizadores. Este trabalho envolve a cooperação entre peritos em cibersegurança, engenheiros de sistemas operativos para smartphones, advogados e peritos em ‘compliance’. A supervisão destes especialistas é feita por um Comité de Segurança e Privacidade liderado por executivos seniores.

Cui Baoqiu, Vice-Presidente da Xiaomi e Presidente do Comité de Segurança e Privacidade da Xiaomi, considera a segurança dos dados e a proteção da privacidade dos utilizadores um elemento essencial para o desenvolvimento sustentável e, a longo prazo, dos negócios globais da empresa. "A segurança e privacidade dos nossos utilizadores é a nossa principal prioridade", afirmou. "Os nossos clientes preocupam-se com esta questão mais do que com qualquer outra. A Xiaomi está empenhada em oferecer smartphones Android e produtos IoT seguros e fiáveis".

Já Eugene Liderman, Diretor de Estratégia de Segurança do Android da Google, destacou a contribuição da Xiaomi para o sistema Android. "Um dos maiores pontos fortes do Android é o ecossistema diversificado de parceiros. A Xiaomi é um grande exemplo disto e é ótimo ver o seu investimento contínuo em cibersegurança em todo o seu catálogo de produtos", acrescentou.

O Professor Liu Yang, da Escola de Informática e Engenharia da Universidade Tecnológica de Nanyang, referiu: "À medida que o desafio da segurança se está a tornar o foco de muitas discussões na área da tecnologia, os stakeholders da indústria atribuem maior importância à urgência de gerir as vulnerabilidades no hardware, software e mesmo no enorme espaço de código aberto. A Xiaomi tem feito um esforço notável para abordar a questão, garantindo a salvaguarda dos utilizadores dando-lhes conhecimentos tecnológicos e explorando continuamente novos métodos para uma melhor proteção dos dados".

Privacidade

Xiaomi reafirma o seu compromisso com a Segurança e Privacidade de Dados

Com a maior plataforma de IoT de consumo do mundo, a marca está constantemente a trabalhar para melhorar a segurança e a proteção da privacidade da IoT. A 5.ª cimeira anual de segurança da IoT organizada pela Xiaomi decorreu nos dias 29 e 30 de junho em Pequim. O evento contou com a presença de diretores e peritos da indústria que discutiram uma vasta gama de questões, desde as estruturas de governação da segurança de dados e transferências de dados transfronteiriças, até à segurança de veículos elétricos ligados à Internet e soluções para as ameaças à segurança da cadeia de fornecimento de software.

Durante esta cimeira, a Xiaomi anunciou que a sua Electric Scooter 4 Pro obteve a certificação IoT Security Rating Gold da Underwriter Laboratories Inc, um instituto internacional de investigação de segurança com sede nos Estados Unidos da América. Esta designação fez da Electric Scooter 4 Pro a trotinete elétrica com a classificação de segurança mais elevada do mundo. Este certificado também garante que o desenvolvimento de produtos IoT da Xiaomi está de acordo com as normas internacionais a nível de segurança.

A Xiaomi criou o seu Comité de Segurança e Privacidade em 2014. Em 2016, tornou-se a primeira empresa chinesa a receber a certificação da TrustArc. A Xiaomi adoptou o Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD) da avaliação de conformidade da União Europeia em 2018 e, em 2019, as práticas de segurança e privacidade de Xiaomi foram certificadas pela ISO/IEC 27001, ISO/IEC 27018. No ano passado, a Xiaomi publicou o seu primeiro relatório de transparência, tornando-a a primeira marca de smartphones Android a fazê-lo e, este ano, obteve o certificado de registo do NIST CSF (National Institute of Standards and Technology, Cybersecurity Framework), reforçando ainda mais as suas capacidades de protecção de segurança de dados.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.