Xiaomi compra a Deepmotion com foco em novos negócios

Xiaomi compra a Deepmotion com foco em novos negócios

27 Agosto, 2021 Não Por Joel Pinto

A Xiaomi parece estar entusiasmada com o mercado dos carros autónomos, e a prova disso é que adquiriu a Deepmotion, uma empresa especializada nesse sector, num negócio avaliado em cerca de 65,77 milhões de euros.

O grupo chinês, que é mais conhecido pelos seus dispositivos electrónicos de consumo, dá conta de que esta aquisição faz parte de uma estratégia que tem como objectivo o de "fortalecer a competitividade tecnológica".

Esta aquisição da Deepmotion por parte da Xiaomi segue uma declaração anterior do grupo, já que eles já haviam anunciado em Março, a sua intenção de realmente entrar no mercado de automóveis autónomos. O seu investimento ultrapassará os 10 biliões de dólares nos próximos 10 anos.

As ambições da Xiaomi por veículos eléctricos, e autónomos, colocarão a empresa em confronto com outros gigantes chineses da tecnologia no que está se tornando um espaço cada vez mais lotado. Vai competir com empresas como Baidu e até a Huawei, bem como com a Tesla, Xpeng e a Nio.

Deepmotion

Deepmotion passa para as mãos da Xiaomi

A Xiaomi anunciou esta aquisição depois de publicar os seus resultados financeiros para o segundo trimestre, cuja receita subiu 64% relativo ao ano passado, para os 87,8 biliões de yuans (11,5 biliões de euros). O grupo disse que a receita total e o lucro líquido atingiram níveis recordes durante o trimestre. Por sua vez, as vendas de smartphones representaram 67,3% da receita, mas a empresa tem procurado reduzir a sua dependência dos smartphones lançando outros dispositivos conectados à Internet.