Windows 10: KB4559309 é o mais recente a causar problemas

Windows 10: KB4559309 é o mais recente a causar problemas

6 Agosto, 2020 0 Por Joel Pinto

A Microsoft lançou recentemente o KB4559309 , o controverso update que força a instalação do Microsoft Edge baseado no Chromium, em todos os utilizadores com o Windows 10 1803, ou mais recente. Não que o browser em si seja mau, mas devia estar na mão do utilizador, a sua instalação, e não ser uma obrigação por parte da Microsoft.

E se a sua instalação só por si já não fosse suficientemente controversa, parece que o KB4559309 chega com um problema ainda maior. Centenas de utilizadores estão a utilizar os fóruns da Microsoft para relatar que a actualização está a causar problemas de desempenho nos seus computadores. Esse lentidão é reflectida no arranque lento, encerramento lento, e muitas vezes com lentidão massiva durante a utilização.

Outros reclamam que os seus PCs simplesmente ficam sem responder durante largos instantes quando tentam abrir alguma imagem ou vídeo. Outros reclamam ainda que a rede sem fios simplesmente inicia desactivada. E muitos dos problemas aqui reportados estão a afectar um dos meus postos de trabalho, por isso posso confirmar que o problema vem do KB4559309.

Alguns utilizadores que tentaram verificar de onde vem o problema, reportam que muitos dos problemas desaparecem se desactivar o BitLocker, que quase de imediato corrige os problemas de desempenho. Algo que não consegui confirmar, pois mesmo desactivando o mesmo continue com problemas. Só após desinstalar o KB em questão os problemas desapareceram por completo.

KB4559309

KB4559309 está a causar muitos problemas ao Windows 10

Para quem não sabe, a actualização KB4559309, para o Windows 10, é enviada apenas para dispositivos com as versões Home e Pro do sistema operativo, pois a empresa não oferece a nova actualização para dispositivos Enterprise.

“Esta actualização não se destina a dispositivos Enterprise. Especificamente, esta actualização tem como alvo dispositivos que executam o Windows 10, versão 1803 ou versões posteriores Home Edition ou Pro Edition. Os dispositivos que executam o Windows 10 Home ou Pro Edition ingressados ​​num domínio do Active Directory, ou do Azure Active Directory, ou geridos pelo WSUS ou WUfB, também são excluídos desta actualização automática ”, explica a empresa.

Até ao momento em que este artigo está a ser escrito, a Microsoft ainda não tenha feito qualquer comentário sobre os problemas aqui reportados, mas dada a quantidade de queixas, é natural que nas próximas horas, ou nos próximas dias, o gigante do software possa colocar esse problema na lista de problemas a resolver.

 

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.