WhatsApp tenta tranquilizar os utilizadores por causa da partilha de dados com o Facebook

WhatsApp tenta tranquilizar os utilizadores por causa da partilha de dados com o Facebook

12 Janeiro, 2021 0 Por Joel Pinto

Há alguns dias revelamos aqui que o WhatsApp mudou os termos da sua aplicação, para informar os utilizadores que a plataforma iria começar a partilhar informações, e dados dos utilizadores, com o Facebook.

Como era de esperar, essa partilha assustou muitos utilizadores, e outras aplicações de mensagens começaram a receber uma grande quantidade de novos utilizadores, que procuram uma alternativo à aplicação do Facebook, e as mais visíveis foram mesmo o Telegram e o Signal. Essa demandada de utilizadores deve ter sido de tal ordem gigante, que levou o WhatsApp a intervir para tentar explicar aos utilizadores como as coisas realmente são, tentando assim tranquilizá-los.

Segundo a plataforma de mensagens, o WhatsApp e o Facebook não podem ver mensagens privadas ou ouvir conversas telefônicas. A criptografia de ponta a ponta protege qualquer tipo de mensagem partilhada na aplicação de mensagens instantâneas, portanto, a alteração dos termos de uso da aplicação não permite que o WhatsApp, ou o Facebook, acedam a essas informações.

Alem disso, o WhatsApp partilha mais algumas informações que deverão ser uteis para os utilizadores:

  • O WhatsApp não partilha a lista telefônica com o Facebook. Quando um utilizador dá permissão à aplicação para aceder à lista de contatos (geralmente a solicitação ocorre na primeira inicialização da aplicação), o WhatsApp só aceder aos números de telefone guardados nele para tornar a troca de mensagens mais fácil e imediata;
  • O WhatsApp não mantém registos de quem está a ligar ou a enviar mensagens;
  • O WhatsApp permite que os utilizadores definam um cronômetro para excluir automaticamente as mensagens enviadas;
  • O WhatsApp e o Facebook não podem ver o local partilhado em tempo real. Ao usar este recurso, as informações de localização são protegidas por criptografia de ponta a ponta;
  • Os grupos do WhatsApp permanecem privados;
  • Todos os utilizadores podem descarregar os dados pessoais relativos à sua conta.
Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.