Wednesday é a nova série de Tim Burton que estreia hoje na Netflix

Wednesday é a nova série de Tim Burton que estreia hoje na Netflix

23 Novembro, 2022 0 Por Joel Pinto

Com produção de Tim Burton e direção de Alfred Gough e Miles Millar, Wednesday é a nova série que teve hoje a sua estreia na plataforma de streaming da Netflix. Trata-se de uma comédia negra dos criadores de “Smallville” e que é protagonizada por Jenna Ortega (“You”).

Inteligente, sarcástica e um pouco morta por dentro, Wednesday Addams investiga uma vaga de homicídios e faz novos amigos, e inimigos, na Academia Nevermore.

A série é um mistério de investigação sobrenatural que segue os anos de estudante de Wednesday na Nevermore Academy. Ela tenta controlar as suas capacidades psíquicas emergentes, impedir uma série de mortes monstruosas que aterrorizam a localidade e resolver o mistério sobrenatural que envolveu os pais dela 25 anos antes — ao mesmo tempo que lida com as novas e muito complicadas relações em Nevermore.

Wednesday já está na Netflix

Wednesday

São no total 8 episódios que nos darão a visão de Tim Burton sobre a famosa Familia Addams. No entanto, ao contrário de todas as outras adaptações até agora, esta nova série focar-se exclusivamente na jovem Addams, sendo os restantes membros da família personagens secundárias. Por conseguinte, a temporada acompanha a entrada de Wednesday na Academia Nevermore, escola secundária outrora também frequentada por Morticia e Gomez, depois de ter sido expulsa do seu liceu “normal.”

Esta Academia acolhe alunos descritos como “párias”, tradução de outcasts, ou seja, jovens lobisomens, sirens, vampiros, entre outros. Em suma, o sítio onde a filha de Morticia e Gomez se deveria sentir finalmente integrada. E é precisamente sobre este último tema que a nova série da Netflix incide, em conjunto as restantes preocupações tradicionais de uma adolescente…

Se quiser, pode assistir ao trailer da série aqui.

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.