VPN da Google já está disponível para utilizadores do iPhone e do iPad

VPN da Google já está disponível para utilizadores do iPhone e do iPad

2 Fevereiro, 2022 0 Por Joel Pinto

A Google utilizou o seu blog para anunciar que agora já disponibiliza o seu “Google One VPN” para os utilizadores do iOS, e iPadOS. Trata-se de um serviço que lhe permite ter maior segurança, e protecção dos seus dados, quando acede a redes públicas, mantendo sempre uma ligação rápida à Internet para todos os serviços e aplicações. Além disso, a partir de hoje, a VPN da Google também chega a outros 10 países europeus: Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Islândia, Irlanda, Holanda, Noruega, Suécia e Suíça.

Anunciado, e lançado, pela Google nos EUA em Outubro de 2020 e ainda não disponível em Portugal, esse serviço oferece apenas maior segurança durante a navegação, atribuindo um endereço IP com base no seu país para que os sites ainda possam exibir conteúdo correto para a sua área geográfica, mas sem saber a sua localização exacta. Portanto, não é possível alterar o endereço IP definindo um país estrangeiro, o que geralmente é útil para aceder a conteúdos para os quais as restrições geográficas insistem.

A VPN está incluída nos planos de assinatura de 2 TB e subsequentes do Google One que, lembre-se, começam em 9,99 euros por mês ou 99,99 euros por ano. O plano e a VPN podem ser partilhados com até cinco membros da família sem custo adicional. Para activar a VPN, só precisa de descarregar, e instalar, a aplicação Google One, disponível para Android e iOS.

VPN da Google

VPN da Google já disponível para dispositivos Apple

Na versão para Android, a Google também implementou novas funcionalidades que vão facilitar a sua utilização: Safe Disconnect permite utilizar a internet apenas quando a VPN está activa. A aplicação Bypass permite que aplicações específicas usem uma ligação padrão em vez da VPN; Snooze: Desactiva temporariamente a VPN.

A Google enfatiza a máxima privacidade e segurança da sua VPN graças a sistemas que usam tecnologias avançadas para garantir que ninguém usa a VPN para associar as actividades dos utilizadores à sua identidade. Além disso, as bibliotecas do cliente são de código aberto e os sistemas de ponta a ponta foram auditados de forma independente. A VPN da Google obteve a certificação completa da Internet of Secure Things Alliance (ioXt) e passou em todos os oito princípios de segurança da ioXt.

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.