União Europeia não vai obrigar as fabricantes de smartphones a utilizar baterias removíveis

União Europeia não vai obrigar as fabricantes de smartphones a utilizar baterias removíveis

13 Fevereiro, 2023 0 Por Joel Pinto

Num cenário de crise climática, a União Europeia avançou com a determinação para promover um crescimento sustentável que respeite o planeta e as pessoas, com metas ambiciosas em matéria de energia e economia circular.

Desde 2020 uma das discussões no Parlamento Europeu diz respeito às baterias, um componente fundamental para muitas das tecnologias que utilizamos todos os dias, que vão desde os smartphones aos carros elétricos, passando por eletrodomésticos, bicicletas, etc.

Porém, recentemente esse assunto tem causado alguma discussão, já que se uma parte do novo regulamento for aprovada, vai obrigar as fabricantes de smartphones a fornecer baterias removíveis e mais fáceis de substituir. No entanto, agora ficamos a saber que esse novo regulamento da União Europeia sobre as baterias não prevê essa situação.

Se as fabricantes de smartphones continuarem a contar com baterias permanentemente instaladas, eles devem ser capazes de demonstrar pelo menos 83% da capacidade após 500 ciclos de carga e pelo menos 80% após 1000 ciclos de carga. Além disso, esses smartphones devem ser resistentes ao pó e à água.

Baterias não precisar de ser removíveis

Esta diretiva não parece particularmente rígida e aparentemente deixa muita margem de manobra para as fabricantes de smartphones. Com dispositivos mais caros, pode parecer lógico que esses requisitos mínimos já sejam amplamente atendidos nos dias de hoje.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook, no, Threads, do Instagram, do BlueSky e do X? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.

Joel Pinto

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.