União Europeia investiga aquisição da Kustomer por parte do Facebook

União Europeia investiga aquisição da Kustomer por parte do Facebook

3 Agosto, 2021 Não Por Joel Pinto

A Comissão Europeia anunciou a abertura de uma investigação aprofundada sobre a aquisição da Kustomer por parte do Facebook. Trata-se de uma start-up especializada em atendimento ao cliente, e o anúncio da aquisição remonta a Novembro do ano passado, mas que ainda não recebeu luz verde.

"A Comissão está preocupada que a transacção proposta reduza a concorrência no mercado de fornecimento de software de gestão de relacionamento com o cliente" , disse um executivo num comunicado sobre a aquisição da Kustomer pelo Facebook. "A Comissão também está preocupada que a transacção proposta fortalecerá ainda mais a posição do Facebook no mercado de publicidade gráfica online, aumentando a já significativa quantidade de dados que o Facebook já possui para personalizar os anúncios que exibe" , disse ele.

O comunicado da Comissão Europeia é claro: o seu objectivo é garantir que a operação de aquisição "não prejudique as empresas ou os consumidores e que os dados a que o Facebook tem acesso não distorçam a concorrência", explica Margrethe Vestager, Comissária Europeia da Concorrência.

Facebook logout

Aquisição da Kustomer pelo Facebook em investigação

O Facebook informou a Comissão em Junho passado sobre este projecto avaliado em 1 bilião de dolares, defendendo a sua natureza inovadora para empresas e consumidores. A Comissão tem agora 90 dias úteis, ou seja, até 22 de Dezembro de 2021, para tomar uma decisão.

Dez autoridades nacionais (incluindo a Áustria, na origem da iniciativa) pediram ao executivo europeu que investigasse a operação, que não atinge os limites financeiros previstos pela União Europeia. Mas, ansiosos para preservar a concorrência, os europeus estão muito vigilantes quanto ao apetite das grandes empresas por novas empresas.

FONTE