SK Hynix compra a divisão de chips de memoria da Intel por 7,7 biliões

SK Hynix compra a divisão de chips de memoria da Intel por 7,7 biliões

20 Outubro, 2020 0 Por Joel Pinto

Depois de alguns rumores que apontavam nesse sentido, a SK Hynix anunciou oficialmente que vai adquirir o negócio de chips de memória da Intel, num movimento que fará a empresa investir 10,3 triliões de Won, que é sensivelmente 7,7 biliões de Euros.

Esta aquisição tem como principal objectivo o fortalecimento da marca SK Hynix, que quer melhorar a sua posição contra a sua maior concorrente, a Samsung. O anuncio agora revelado, dá conta de que a empresa vai adquirir "toda a divisão de negócios NAND" da Intel "excluindo a divisão Optane", e nesse negócio está incluído a fábrica da Intel em Dalian, na China.

A SK Hynix pagará à Intel 8 triliões de won (US $ 5,97 bilhões) até 2021 para obter pela primeira vez a sua fábrica na China, e a sua unidade SSD. Ele vai liquidar o resto, cerca de 2,3 triliões de won (1,72 biliões de euros), até Março de 2025 para concluir o contrato. O contrato tornará a SK Hynix a segunda maior fabricante de chips de memória do mundo, só atrás da Samsung.

Tiger Lake

Intel vende a sua divisão de memorias à SK Hynix

O chefe da SK, Hynix Seok-Hee Lee, acredita que a aquisição permitirá que a sua empresa atenda de forma proativa às diversas necessidades dos clientes e optimize a sua estrutura. A compra também tornará a posição da SK Hynix no mercado de chips de memória “comparável ao que alcançamos no setor de DRAM”.

O CEO da Intel, Bob Swan, diz que o acordo permite que a Intel se concentre "numa tecnologia diferenciada onde podemos desempenhar um papel maior" .
Esta compra será financiada em dinheiro das reservas existentes e de um empréstimo, disse a SK Hynix no seu comunicado que pode ser lido aqui.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.