Shivers é o mais recente single de Ed Sheeran

Shivers é o mais recente single de Ed Sheeran

11 Setembro, 2021 Não Por Joel Pinto

Shivers é o segundo single oficial a ser lançado do há muito aguardado novo álbum de Ed Sheeran, '=', cuja data de lançamento está agendada para dia 29 Outubro, através da Asylum/Atlantic. Produzida por Sheeran, Steve Mac e FRED, a faixa carregada de ganchos, assim como o vídeo que a acompanha, aproveitam e explanam a euforia que sentimos quando nos apaixonamos, com o visual eléctrico dirigido por Dave Meyers a desdobrar-se em vários momentos metafóricos de elevada energia.

Anunciado no mês passado, '=' – a quarta parcela da série de álbuns de símbolos de Ed Sheeran – é o trabalho mais elaborado e bem conseguido de Ed até ao momento; a evolução de um artista que continua a trilhar novos caminhos. Um conjunto de faixas feitas ao longo de um período de quatro anos, após a era do álbum '÷' (Divide), tematicamente, '=' encontra Ed num período de balanço da sua vida e das pessoas que fazem parte dela, enquanto explora os vários níveis de amor ('The Joker And The Queen', 'First Times', '2step'), perda ('Visiting Hours'), resiliência ('Can't Stop The Rain') e paternidade ('Sandman', 'Leave Your Life'), ao mesmo tempo que processa também a sua realidade e carreira ('Tides'). Sonoramente, '=' incorpora toda a versatilidade musical de Ed, abrangendo desde as suas típicas faixas à guitarra e baladas de classe mundial, passando por momentos de produção mais pesados e eufóricos, conforme apresentado na enfática faixa que assinalou o seu regresso e que também já se tornou num dos hits deste verão, 'Bad Habits'.

Ed Sheeran anuncia um novo single

Ed Sheeran que, na semana passada venceu a categoria 'Artista a Solo' nos prémios britânicos GQ Men of the Year Awards, alcançou também recentemente a certificação de single de Ouro em Portugal e a sua décima semana consecutiva no primeiro lugar da tabela oficial de singles no Reino Unido com o já mencionado êxito 'Bad Habits', tornando-o, assim, no tema que mais tempo permaneceu consecutivamente no Número 1 do Reino Unido, desde o fenómeno 'Dance Monkey', da artista Tones and I, em 2019.