Samsung Display adia o fim da produção de paineis LCD

Samsung Display adia o fim da produção de paineis LCD

4 Janeiro, 2021 0 Por Joel Pinto

Os planos iniciais da Samsung Display era de interromper a produção de painéis LCD já durante o próximo mês de  Março de 2021. Isso deveu-se em parte à pressão de fornecedores concorrentes da China. Agora, segundo novas informações que estão a ser reveladas pelo Business Korea, a Samsung Display vai continuar a fabricar painéis LCD durante mais algum tempo.

Isso acontece porque a Samsung gostaria de marcar pontos no segmento de alta tecnologia com LCDs com iluminação de fundo de mini-LED. Esse tecnologia que não deve ser confundida com o micro LED, que significa uma luz de fundo para TVs LCD que usam muitos LEDs pequenos. Isso permite zonas de escurecimento mais ou menores. Além da Samsung, a LG também tem planos para usar Mini LED nas suas TVs LCD de 2021.

Enquanto fabricantes como LG, Panasonic e Sony preferem OLEDs no segmento premium, a Samsung continua com LCDs na sua gama de TVs. Consequentemente, pode não ser uma grande surpresa que a Samsung Electronics agora tenha pressionado a Samsung Display para continuar o fabrico dos LCD. Os volumes de vendas de TV também aumentaram durante a pandemia, à medida que as pessoas tentavam expandir, ou melhorar, as opções de entretenimento que possuem em casa. Para muitas pessoas, comprar uma nova TV fazia sentido, e é provável que essa tendência continue em 2021.

Samsung Display

Samsung Display não desiste dos painéis LCD

Por quanto tempo a Samsung Display continuará a fabricar LCDs? Essa é uma questão que ainda está em aberto. A previsão é de que a produção continue pelo menos até ao final de 2021. Um fator importante também foi que a Samsung Electronics antecipou que os fornecedores chineses de LCD aumentarão os preços assim que a Samsung  deixar de ser um concorrente. A Samsung Electronics queria garantir uma melhor posição de negociação para si mesma e, por esse motivo, também recomendou que a Samsung Display continuasse a produção dos painéis após março de 2021.