Como usar o Remo Photo Recovery para recuperar fotos apagadas?

Como usar o Remo Photo Recovery para recuperar fotos apagadas?

26 Novembro, 2021 0 Por Redação

Quem nunca apagou acidentalmente algum conteúdo que não devia ter apagado sem se aperceber? Provavelmente é o seu caso, e não se preocupe, porque isso acontece com toda a gente. Não são raras as vezes que apagamos um documento, fotos, ou qualquer outro tipo de ficheiro que nos era importante.

Felizmente existem ferramentas que permitem que se faça uma recuperação eficaz dos documentos eliminados. Um bom exemplo de uma aplicação que faz muito bem essa tarefa é o Remo Software. É que alem de fazer essa tarefa de forma eficaz, fá-lo de forma realmente simples, e em apenas alguns clicks, que é uma grande vantagem para aqueles que não estão habituados a tipo de tarefas.

Esta ferramenta está disponível para Windows e macOS, e alem de permitir que recupere ficheiros multimédia como fotos, vídeos e áudio rapidamente, permite restaurar formatos de arquivo RAW de todas as DSLRs como Canon, Nikon etc, suporta ainda que recupere fotos eliminadas de um cartão SD, de um disco rígido, Pen USB, ou qualquer outro tipo de conteúdo. Isto é possível graças ao seu avançado mecanismo de verificação profunda para recuperar fotos excluidas.

Vamos então descobrir como recuperar fotos com o Remo Photo Recovery

A primeira coisa que temos de fazer é instalar o Remo Software, e depois de devidamente instalada só temos de abrir a aplicação onde temos incluído o Remo Photo Recover. O processo que aqui vamos seguir é realizado num dispositivo com o sistema operativo Windows, mas para o macOS é muito semelhante.

A aplicação aberta tem o seguinte aspecto:

Remo Photo Recover fotos

E como podem ver na imagem acima temos diversas opções dentro da aplicação, mas a que aqui nos interessa é a que diz Recovery Photos, já que é ela que tem a capacidade de recuperar as nossas imagens apagadas.

Quando escolhemos esse separador, de imediato serão listados os dispositivos ligados ao nosso computador de onde é possível fazer a recuperação. Ou seja, deverão ligar o dispositivo antes e iniciar a aplicação. Aqui no nosso caso, vamos recuperar fotos apagadas numa Pen USB, que na aplicação está listada como Local Disk - D:. Escolhemos o mesmo, e de seguida escolhemos a opção SCAN, que fica no canto inferior direito:

Remo Photo Recover

A partir deste momento, e dependendo da quantidade de informação no seu dispositivo, pode demorar mais ou menos tempo, mas nos nossos testes com uma PEN de 8GB a informação que vemos a seguir foi apresentada em apenas alguns segundos.

Conforme podemos ver na imagem que deixo acima, ele encontrou mais de 30 pastas e 148 ficheiros na nossa PEN, e todos aqueles que encontra com um X vermelho, são ficheiros que foram apagados e que é possível recuperar. Se quiser recuperar toda a informação apagada, é seleccionar, se quiser apenas alguns ficheiros em especifico, basta seleccionar os mesmos e carregar em Save, que é apresentado no canto interior direito assim que seleccionar os ficheiros a recuperar:

Remo Photo Recover

Assim que fazemos Save, o Remo Software vai questionar onde queremos guardar os documentos recuperados. Aqui cabe a si decidir onde os quer guardar. Pode escolher no próprio dispositivo em si, no PC, ou em qualquer unidade que tenha ligada ao PC. Aqui decidimos guardar no ambiente de trabalho:

Depois de escolher onde guardar, basta fazer Save (no canto inferior direito) e a ferramenta vai começar a recuperar os ficheiros apagados e guardar os mesmos no local que foi decido por si. Aqui o processo pode ser mais uma vez demorado, já que a aplicação vai recuperar todos os ficheiros seleccionados por si. Obviamente que quantos mais ficheiros tentar recuperar, mais tempo vai demorar.

Quando terminar, as fotos que pediu para recuperar estão no local seleccionado por si.

E esta é só uma das funções desta aplicação, já que ela faz o mesmo para qualquer outro tipo de ficheiro, incluindo documentos em PDF, Word, Excel, e muitos mais. Basta que no primeiro passo escolha a opção Recovery Files, e o resto dos passos é muito semelhante, ou seja muito fácil.