Receita do Fortnite em queda livre desde o segundo trimestre de 2018

Receita do Fortnite em queda livre desde o segundo trimestre de 2018

10 Outubro, 2019 0 Por Joel Pinto

Num novo relatório da Edison Trends, que apresenta os resultados de uma amostra de "recibos electrónicos anónimos e agregados de milhões de consumidores nos Estados Unidos" avalia as tendências de vendas dos jogos online mais populares, principalmente no género Battle Royale.

Segundo a análise realizada, as vendas do Fortnite cerca de 52% desde o segundo trimestre de 2018. Por outro lado, o  PUBG, viu as suas receitas caírem apenas cerca de 2% no mesmo período. O Apex Legends também parece mais estável nos meses desde que o jogo foi lançado.

Os gastos com jogos online nos últimos dois anos mostraram picos e vales, mesmo para os jogos mais populares. Os gastos com o Fortnite, por exemplo, aumentaram em média 110% ao mês de novembro de 2017 a maio de 2018, mas, desde então, estão em declínio geral. No entanto, eles tiveram o melhor mês em dezembro de 2018, com 20% a mais de receita durante a temporada de férias do que a alta anterior em julho de 2018.

O pico de gastos com o PUBG ocorreu em dezembro de 2017, também na temporada de festas, cerca de nove meses após o lançamento. Os gastos continuaram a diminuir, mas desde o início de 2018 permaneceu mais estável que o do Fortnite. Gastaos no Call of Duty: Black Ops 4 quase igualou o Fortnite após o seu lançamento em outubro de 2018 (houve alguns acúmulos antes disso com pré-encomendas). Em julho de 2019, os jogadores gastaram cerca de duas vezes mais no Black Ops 4 do que no PUBG. Quanto ao Apex Legends, o jogo passou rapidamente pelo Black Ops 4 e pelo PUBG em gastos após seu lançamento, e atualmente ocupa o 2º lugar distante depois de Fortnite.

Receita Fortnite

Olhando para o Fortnite e PUBG, os dois jogos que existiam no início do segundo trimestre de 2018, vemos uma grande diferença em como eles resistiram no ano passado. Enquanto o Fortnite subiu no zeitgeist cultural e viu as vendas aumentarem ao lado de sua popularidade, o jogo gradualmente viu os gastos caírem 52% entre o segundo trimestre de 2018 e o segundo trimestres de 2019. PUBG, embora talvez não atinja o mesmo patamar de destaque de marca que o Fortnite recebeu, permaneceu mais estável nas vendas, com uma queda de apenas 2% entre o segundo trimestre de 2018 e o segundo trimestre de 2019.

 

A pesquisa também fez referencia à lealdade dos utilizadores analisando compras repetidas. Nesse sentido, a Apex Legends ficou à frente da concorrência, pois 62% dos jogadores que compraram algo em junho fizeram novamente no mês seguinte, enquanto no Fortnite isso só acontece em 49% dos casos.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos.