Qualcomm já trabalha no concorrente para o Apple M1

Qualcomm já trabalha no concorrente para o Apple M1

17 Janeiro, 2021 0 Por Joel Pinto

Há algumas semanas a Apple lançou os seus primeiros SOCs ARM, o Apple M1, que equipa alguns Macs, e já era sabido que a Qualcomm não iria ficar de braços cruzados e iria lançar a sua resposta a esse novo SOC.

Depois dos primeiros testes revelarem que os chips M1, da Apple, batiam facilmente o Snapdragon 8cx Gen 2, um SOC que havia sido anunciado no passado mês de Setembro, a Qualcomm teve que redobrar os seus esforços para melhorar o seu SOC ARM.

Agora, segundo está a ser revelado, a Qualcomm está a trabalhar em algo com o nome de código SC8280, embora obviamente seja batizado de outra forma quando chegar ao mercado. Os sistemas de teste mostram que esse SOC apareceu a testar um dispositivo com um ecrã de 14 polegadas, com 32GB de RAM LPDDR5, e pelo que se percebeu haverá duas versões desse chip, um será o modelo básico, enquanto o outro será mais poderoso.

Os testes também mostram que ele chega acompanhado pelo modem Snapdragon X55 5G, que provavelmente será integrado no chipset. Além disso, o tamanho do chipset é maior em 20x17 mm, que o rumor especula que isso se deve ao aumento de núcleos.

Qualcomm SC8280

Qualcomm SC8280 poderá ser a resposta ao Apple M1

Se o objetivo é competir com a Apple, a Qualcomm terá sempre uma batalha difícil pela frente. A Apple projeta os seus próprios processadores ARM do zero, enquanto a Qualcomm licencia a arquitetura. O novo núcleo Cortex-X1 foi feito para ser mais personalizável, mas ainda assim a empresa pouco mudou no mesmo. O Snapdragon 8cx foi a primeira tentativa da empresa de criar um chip para PC, e em vez de reaproveitar um chip de smartphone, e o Gen 2 é realmente apenas um Snapdragon 8cx com algum overclock. Se a empresa está a planear crescer com a Geração 3, outro redesenho pode fazer uma grande diferença.

FONTE

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.