Qual é o melhor festival de verão em Portugal?

Qual é o melhor festival de verão em Portugal?

15 Abril, 2019 0 Por Joel Pinto

O Super Bock Super Rock foi o festival com melhor desempenho mediático nos órgãos de comunicação social portugueses, entre setembro de 2018 e março de 2019, e lidera a “Maratona dos Festivais de Verão – Ranking Cision”.

A boa prestação do evento, que este ano celebra 25 edições com o regresso à Herdade do Cabeço da Flauta, resulta, sobretudo, do tempo que obteve nas rádios e televisões nacionais: mais de três horas e meia nos últimos sete meses.

No segundo lugar deste ranking Cision surge o NOS Alive, que se destacou pelo número de notícias em que foi mencionado no período em análise: mais de 2.500. O pódio fica completo com o Meo Sudoeste.

EDP Cool Jazz e Vodafone Paredes de Coura também terminaram o período de warm up para os festivais de verão na primeira metade da tabela. Seguem-se NOS Primavera Sound, Meo Marés Vivas, EDP Vilar de Mouros, Sumol Summer Fest e O Sol da Caparica.

Ao todo, ao longo deste período de outono e inverno, foram publicadas 9.257 notícias mencionando os principais festivais de verão que se realizam em Portugal. O tempo de antena na rádio e TV totalizou cerca de 11 horas e meia. Dezembro foi o mês com mais notícias: 2.198.

A “Maratona dos Festivais de Verão – Ranking Cision” é um estudo realizado de forma continuada pela Cision, que analisa a evolução do mediatismo comparado de diversos festivais de música realizados em Portugal, ao longo dos meses, até ao final do verão. O trabalho desenvolvido pela Cision no âmbito dos festivais foi reconhecido pelo segundo ano consecutivo nos Iberian Festival Awards, onde a Cision foi distinguida com o prémio “Best Service Provider”.

Festivais Verao 2019 anexo  1  - Qual é o melhor festival de verão em Portugal?

O desempenho mediático conquistado por cada festival é calculado tendo em conta a metodologia Cision de avaliação de comunicação, que considera o número de notícias identificadas, o espaço ou tempo de antena ocupado, as oportunidades de visualização tendo em conta as audiências alcançadas e o valor do espaço editorial contabilizado em função das tabelas de publicidade de cada órgão de comunicação social.

O objeto de análise deste estudo são todas as notícias referentes aos diferentes festivais, veiculadas no espaço editorial português, em mais de dois mil meios de comunicação social (televisão, rádio, online e imprensa). Neste caso, o ranking reflete o resultado da monitorização de 1 de setembro de 2018 a 31 de março de 2019 – com os diferentes festivais a serem ordenados pela posição alcançada.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos.