PlayerUnknown Battlegrounds começa a ser banido em alguns locais

PlayerUnknown Battlegrounds começa a ser banido em alguns locais

15 Março, 2019 0 Por Joel Pinto

Se nos pedirem para dizer o nome de um jogo violento, dificilmente vamos responder PlayerUnknown Battlegrounds, isto porque apesar de o mesmo ser um jogo violento, está longe de ser o mais violento que podemos jogar nas mais diversas plataformas. No entanto, o estado indiano de Gujarat considera que ele é mau o suficiente para justificar uma proibição do jogo. Alem disso, essa proibição já começar a fazer estragos, já que dez adolescentes foram detidos por ignorar essa decisão.
O comissário de polícia do estado ocidental, Manoj Agrawal, proibiu o jogo a 6 de março, culpando-o por um aumento nas “características violentas” entre as crianças da região que estavam a jogar PUBG.

“Devido a esses jogos, a educação das crianças e jovens está a ser afetada, e afecta o comportamento, as formas, a fala e o desenvolvimento dos jovens e das crianças”, relata o relatório policial.

Alguns dias após a proibição entrar em vigor, a polícia prendeu dez estudantes universitários que foram apanhados a jogar PUBG com os seus telefones. Um funcionário disse que os acusados ​​estavam tão absortos no jogo que não notaram que os oficiais se aproximaram.

O grupo foi libertado sob fiança no mesmo dia, mas a polícia confiscou os seus telefones para mais investigações.

Gujarat é atualmente o único estado na Índia a proibir o PUBG, já que um ministro local descreveu como "um demónio em todas as casas". O primeiro-ministro do país, Narendra Modi, mencionou o título de Bluehole num recente debate público sobre os efeitos negativos dos vídeo jogos nas crianças. “Ele estava a jogar PUBG? Como tudo mais, a tecnologia também vem com os seus pontos positivos e negativos. Como pais, devemos orientar os nossos filhos a aproveitar ao máximo a tecnologia ”, disse ele.

PUBG 1 - PlayerUnknown Battlegrounds começa a ser banido em alguns locais

Devido às semelhanças, pode-se esperar que o Fortnite também tenha sido banido, mas o título da Epic Games escapou dessa restrição, possivelmente devido ao seu estilo mais caricatural e porque os utilizadores do Android precisam de descarrega-lo manualmente do site da Epic Games.

Sinceramente, espero que este tipo de proibição não se alastre. Jogos violentos sempre existiram, e lembro de ser criança (13 ou 14 anos) e já jogar jogos com tiros e lutas nos meus velhinhos Spectrum, Commadore Amiga e por aí em diante. Garantidamente não é dos jogos que as crianças ficam mais violentas, ou agressivas.

Os país das crianças que comecem por dar-lhes atenção, em vez de bens materiais para disfarçar a falta de atenção que têm sobre os seus filhos. Talvez isso ajude a melhorar muito o seu temperamento e a sociedade.

 

FONTE

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos.