Parler: A problemática rede social está de volta em alojamento Russo

Parler: A problemática rede social está de volta em alojamento Russo

19 Janeiro, 2021 0 Por Sandro Sotto

Há alguns dias revelamos aqui que a rede social Parler tinha ficado offline porque a empresa que alojava a mesma, se recusava a continuar a fornecer esse serviço. Isto porque a rede social, foi um dos meios utilizadores pelos manifestantes para organizar a invasão ao Capitólio. Alem disso, Parler parece ser a rede social favorita dos partidários de Trump, e por esse motivo, ela foi totalmente banida pelo GAFA.

As suas aplicações para Android e iOS foram banidas das suas respetivas lojas, enquanto a Amazon recusou-se a continuar a hospedar o seu site. Mas agora, como quase certamente poderíamos prever, a rede social voltou, e o seu CEO John Matze, anunciou na página: "Bem-vindo a um retorno rápido e completo do serviço".

Parler está de volta e agora é alojado pelo DDOS Guard

Numa entrevista à Fox News, o jovem CEO está confiante de que a sua plataforma poderá estar 100% operacional até ao final de Janeiro. Para isso ser possível, o site foi hospedado pela empresa russa DDOS Guard.

Esta mudança de hospedagem poderia explicar o novo estado de espírito de John Matze, que ainda estimou há alguns dias que Parler poderia "nunca" voltar... Mas na web, nunca podemos dizer nunca.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook e do Instagram? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.