Vai ter de pagar para ter uma conta Paypal: a não ser que a utilize

Vai ter de pagar para ter uma conta Paypal: a não ser que a utilize

15 Novembro, 2022 0 Por Joel Pinto

O Paypal tem um novo contrato de utilizador que permite que a plataforma cobre uma taxa por contas inativas. Isso afeta não apenas os revendedores, uma vez que uma taxa de inatividade já foi discutida em 2020, mas também vai afetar os clientes particulares.

E isso mesmo, o PayPal introduziu agora uma taxa de inatividade para gerir as contas inativas. Ou seja, se tem uma conta na plataforma, prepara-se para pagar por isso. A aplicabilidade da taxa de serviço é limitada e afeta apenas contas que não estiveram ativas nos últimos 12 meses.

Segundo o Paypal, taxa cobrada será a do saldo que está na conta, no máximo até 10 euros (270 CZK, 3600 HUF). As contas com saldo a zero não são afetadas por essa taxa, ou seja, essa cobrança não vai resultar em saldo negativo. Se uma conta não tiver saldo positivo após a cobrança dessa taxa e permanecer inativa durante mais 60 dias, essa conta poderá ser encerrada ao final dos 60 dias.

Paypal

Taxa de Inatividade chega ao PayPal

As notificações para contas inativas começarão já no dia de hoje, 15 de novembro de 2022. Atá 13 de dezembro de 2022, os utilizadores podem usar a sua conta do PayPal para evitar a taxa de uma das seguintes ações simples:

  • Acedendo à Conta; ou
  • Compre e pague com PayPal em qualquer lugar onde a plataforma seja aceite; ou
  • Enviar dinheiro para amigos e familiares ou fornecedores de bens e serviços; ou
  • Retirar fundos da sua conta; ou
  • Doar para uma instituição de caridade utilizando a sua conta

Importante mencionar, as contas pessoais registadas na Alemanha, Áustria, Itália, Grécia, Hungria e Polónia estão isentas desta cobrança de taxa de inatividade.

Se utiliza a plataforma com frequência, não precisa de se preocupar com esta situação, já que para si nada mudará.

FONTE

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.