OPPO pode estar a trabalhar no seu próprio processador

OPPO pode estar a trabalhar no seu próprio processador

20 Outubro, 2021 0 Por Joel Pinto

Esta a tornar-se numa estratégia importante para as fabricantes, já que ter o seu próprio processador dá vantagens que não são conseguidas com processadores de terceiros. É por esse motivo que a Huawei sempre usou os seus próprios processadores, os Kirin, tal como a Samsung com os Exynos e até mesmo a Apple.

Ontem a Google anunciou ao mundo o seu novo smartphone, o Pixel 6, em que uma das notas de maior destaque é o Tensor, o seu próprio processador, que permite ao gigante das pesquisas ter o controlo do software e do hardware. E agora, a acreditar nos rumores mais recentes, a OPPO poderá seguir o mesmo caminho. Segundo está a ser revelado, a empresa chinesa está a trabalhar num chip que será produzido pela TSMC e que será gravado no processo de 3nm.

E uma vez que esse processo de 3nm só estará pronto no final de 2022, é bem provável que este processador proprietário da OPPO só faça a sua aparição em 2023.

OPPO

Estará a OPPO a preparar o seu próprio processador?

A Oppo supostamente recrutou vários ex-engenheiros da MediaTek, Qualcomm e Huawei para desenvolver o seu próprio chip. A propensão de grandes fabricantes de móveis para desenvolver os seus processadores móveis pode, em última análise, prejudicar os negócios da Qualcomm e da MediaTek, que hoje dominam escandalosamente o mercado de SoC para smartphones Android. A escolha de um chip interno permite diferenciar-se da concorrência e desenvolver uma sinergia mais forte entre hardware, software e serviços, sinergia que é a força dos iPhones, da Apple.