OnlyFans abandona o negócio pornográfico

OnlyFans abandona o negócio pornográfico

20 Agosto, 2021 Não Por Sandro Sotto

A plataforma OnlyFans está a afastar-se do negócio da pornografia, e anunciou que a partir de 1 de Outubro passa a ser proibido aos utilizadores, publicar qualquer conduta sexualmente explícita. Os criadores da aplicação ainda terão permissão para publicar fotos e vídeos nus, desde que sejam consistentes com a política da aplicação, disse a empresa.

Achamos que essas políticas serão escolhidas pro ditares, freiras e/ou mães preocupadas, pois estamos a falar de uma publica que faz parecer o Facebook. E o que é mais preocupante, é que as mudanças não ocorreram porque o site foi atingido por qualquer escândalo, como pornografia infantil ou publicações não consensuais. As pessoas do site estão a ganhar dinheiro e parecem querer continuar. O que aconteceu é que há uma pressão crescente dos parceiros bancários, e fornecedores de pagamento, estão a cortar nas ofertas para sites considerados "de má reputação".

"A fim de garantir a sustentabilidade de longo prazo da nossa plataforma, e continuar a hospedar uma comunidade inclusiva de criadores e fãs, devemos desenvolver as nossas directrizes de conteúdo", disse o OnlyFans.

OnlyFans

OnlyFans afasta-se da pornografia

O OnlyFans conta actualmente com mais de 130 milhões de utilizadores, dando aos criadores online uma plataforma para cobrar aos seus fãs, por fotos e vídeos. Muitos dos seus criadores mais populares publicam fotos e vídeos nus, e tem sido elogiados por dar às trabalhadoras do sexo um lugar mais seguro para realizar o seu trabalho.

A plataforma está a tentar obter mais dinheiro de investidores externos, numa avaliação de mais de 1 bilião de dólares. A empresa movimentou mais de 2 biliões em vendas no ano passado e está a a caminhar para mais do dobro neste ano.

“Essas mudanças são para atender às solicitações dos nossos parceiros bancários e fornecedores de pagamentos”, disse a OnlyFans num comunicado. "Estaremos a partilhar mais detalhes nos próximos dias e apoiaremos e orientaremos activamente os nossos criadores através dessa mudança nas directrizes de conteúdo."

Será interessante ver quantos criadores vai permanecer na plataforma e se o novo modelo de negócios fará com que afunde completamente.... é que ver a plataforma afastar-se da pornografia, é como ver a Apple abandonar o iPhone.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.