Oficial: Passe Verde Europeu entra em vigor a 1 de Julho

Oficial: Passe Verde Europeu entra em vigor a 1 de Julho

14 Junho, 2021 0 Por Joel Pinto

O primeiro ministro Português, António Costa, em representação de todos os Estados Membros Europeus, acompanhado por Ursula von der Leyen, que é a Presidente da Comissão Europeia, e de David Sassoli, o Presidente do Parlamento Europeu, assinaram hoje o texto final que dá como garantida da entrada em Vigor daquilo que chamamos de Passe Verde Europeu (European Green Pass).

Em testes desde o passado mês de Maio, o Passe Verde Europeu, é uma espécie de passaporte Europeu que permitirá que os seus proprietários possam mover-se livremente entre os vários Estados Membros da União Europeia, e com um pouco mais de liberdade.

Passe Verde Europeu

Para obter este Passe Verde Europeu, os utilizadores devem satisfazer pelo menos uma das três condições:

  • Possuir um certificado de vacinação com o número de doses recebidas, a data e local de administração e a vacina inoculada;
  • Um certificado de teste negativo (análises moleculares e antigénicos são levados em consideração);
  • Um certificado de recuperação, ou seja, um atestado médico que confirma a recuperação do Coronavírus e a presença de anticorpos (a ser verificada através de testes), com validade de 180 dias a partir da alta;

Assim, a partir de 1 de Julho de 2021 entrará em vigor este passaporte, e isso significa que os seus proprietários não serão obrigatórios a qualquer tipo de quarentena quando visitam um estado Membro, ou quando regressam ao seu país de origem.

O passaporte estará disponível em forma de aplicação para smartphone, que deverá acompanhar todos os viajantes quando se ausentem do seu país. Alem disso, este Passe Verde Europeu poderá ser utilizado para outros fins, como por exemplo, para a entrada em espectáculos que requerem testes à entrada, e em outras ocasiões onde os testes ao Covid-19 são obrigatórios.