Novo Outlook para Windows já envolvido em polémica

Novo Outlook para Windows já envolvido em polémica

13 Novembro, 2023 0 Por Joel Pinto

Há não muito tempo, a Microsoft revelou como planeia avançar com a implementação da nova aplicação Outlook para Windows. Embora já esteja em pré-visualização há algum tempo, uma das coisas que parece ter passado despercebida é o facto de que o novo Outlook pode sincronizar dados de e-mail de utilizadores mesmo quando eles não usam contas da Microsoft, como Gmail ou Yahoo.

Novo Outlook para Windows guarda informações dos utilizadores na nuvem

Agora, o pessoal do Heise foi apanhado de surpresa com um dos avisos de advertência sobre isso ao testar o novo Outlook para Windows. A captura de ecrã que podemos ver abaixo diz que os seus dados IMAP (Internet Message Access Protocol) podem ser sincronizados com os servidores em nuvem da Microsoft com opções para prosseguir ou cancelar. Aqui fica o que diz a mensagem (traduzida):

Sincronize a sua conta IMAP rei@ct.de Para adicionar a sua conta IMAP ao Outlook, precisamos de partilhar os seus e-mails com a nuvem Microsoft Sync. Os contactos e eventos existentes não são sincronizados, mas tudo o que cria no Outlook é guardado na nuvem da Microsoft.

Ao clicar na opção “Mais informações” para saber mais sobre o que se trata, é mostrado um artigo do site oficial de suporte da Microsoft a explicar em detalhes o que se trata. Assim, segundo a mensagem que a empresa quer passar, para a nossa experiência com o Microsoft 365 no novo Outlook para Windows, Outlook.com , Outlook para iOS, Outlook para Android e novo Outlook para Mac, agora podemos sincronizar as nossas contas que não são da Microsoft para a nuvem da Microsoft. Está disponível para contas Gmail, Yahoo, iCloud e IMAP no Outlook para iOS, Outlook para Android e no novo Outlook para Mac. Também disponível para contas do Gmail e Yahoo no novo Outlook para Windows e disponível para contas do Gmail no Outlook.com.

Portanto, segundo a Microsoft, o objetivo da mudança é melhorar a experiência dos utilizadores para que eles também possam aproveitar os benefícios da nova aplicação com as suas contas não-MSA, o que faz sentido, embora certamente nem todos os utilizadores vão achar piada. E isso é compreensivelmente, já que isso vai enviar todos os seus dados, e informações, para os servidores da Microsoft, e o que acontece no dia em que decidir deixar de utilizar o Outlook? Os dados continuam lá para a Microsoft poder usar? Como é que os utilizadores podem controlar a informação que está presente nos servidores da empresa, se nem sequer conta precisam de ter? Há muitas questões que ainda precisam de ser respondidas.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook, no, Threads, do Instagram, do BlueSky e do X? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.

Joel Pinto

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este é o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.

Informático de profissão, e apaixonado por novas tecnologias, desportos motorizados e BTT.