Novo Media Player do Windows 11 chega finalmente ao Windows 10

Novo Media Player do Windows 11 chega finalmente ao Windows 10

14 Dezembro, 2022 0 Por Joel Pinto

Depois de uma longa espera, uma nova versão do Media Player está finalmente a chegar ao Windows 10, que como deve imaginar vem para substituir o Groove Music, uma aplicação que não foi muito bem aceite pelos utilizadores.

A Microsoft lançou discretamente uma versão atualizada do Groove Music no Release Preview Channel do Windows Insider Program, que substitui o reprodutor de música herdado por uma nova aplicação intitulada de “Windows Media Player”.

O Media Player do Windows 11 está a ser lançado lentamente para os utilizadores incritos no programa Insiders do Windows 10. É uma reminiscência do Windows Media Player original, mas utiliza a nova linguagem WinUI 3.0 e o sistema Fluent Design da Microsoft. Embora o Windows 10 não tenha cantos arredondados, esta nova aplicação fez lembrar muito a aplicação do Windows 11.

O novo Media Player foi mostrado pela primeira vez durante um fluxo do Windows Insider Program em 2021 e posteriormente foi lançado para utilizadores do Windows 11. A Microsoft ficou em silêncio sobre o lançamento para o Windows 10 até que uma nova atualização no Release Preview Channel finalmente trouxe a aplicação para o antigo sistema operativo.

Tem como obter já o novo Media Player no Windows 10?

Media Player

Poderá encontrar a nova aplicação como uma atualização na Microsoft Store. Para obter o player, vá para Microsoft Store > Biblioteca e verifique se tem atualizações disponíveis. Uma atualização substituirá automaticamente a aplicação Groove Music existente e migrará as suas listas de reprodução para a nova aplicação.

A atual versão da aplicação é a 11.2209.30.0 e precisa de ter o Windows 10 Build 19042 ou superior para a conseguir descarregar. Se não quer esperar que a atualização chegue ao seu sistema, pode descarregar o pacote offline (aqui) e executar o .msixbundle.

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.