Porque é que a Nintendo tem uma relação difícil com o Online? Reggie-Fils Aimé explica

Porque é que a Nintendo tem uma relação difícil com o Online? Reggie-Fils Aimé explica

23 Maio, 2022 0 Por Joel Pinto

Reggie-Fils Aimé explica que o porque do Nintendo Switch Online estar tão "atrasado"

A Nintendo é uma empresa conhecida na indústria dos jogos muito por causa da sua inovação em jogos e jogabilidade. O Gameboy, a Wii, a DS, foram consolas que revolucionaram o mundo dos jogos. Cada uma das suas plataformas conseguiu agitar o mercado, mas ainda há uma área em que a Nintendo está claramente atrás dos seus concorrentes: o Online.

Por mais que se goste da empresa, é inegável que os serviços online da Nintendo são actualmente o seu maior calcanhar de Aquiles. Além de uma oferta bem inferior aquela que é oferecida pela Sony e pela Microsoft, a qualidade do próprio serviço às vezes deixa muito a desejar.

Entrevistado num podcast, Reggie-Fils Aimé, ex-presidente da Nintendo of America, revelou alguns detalhes sobre o atraso da Nintendo em termos de online:

“A filosofia de negócios da Nintendo sempre foi fazer as coisas de forma diferente, inovar de formas que beneficiem a força da empresa e não a força dos outros. E, por exemplo, a Nintendo realmente destacou-se no que chamamos internamente de “jogos de sofá” (…) e foi aí que a empresa se concentrou muito. ”

Para a empresa, o multiplayer mais importante é partilhado localmente, com várias pessoas sentadas no mesmo sofá. Reggie Fils-Aimé acrescenta: “A empresa está sempre a pensar em como vai penetrar nesses mercados de uma maneira única, diferente e jogar com a sua própria força. ”

Desenvolver o modo online, portanto, nunca esteve na lista de prioridades da Nintendo, principalmente por motivos culturais:

“'Culturalmente, a empresa não viu uma grande oportunidade online. (…) Tem toda a razão em dizer que dos três principais concorrentes de hardware no espaço dos videojogos, é nesta área que a Microsoft investiu tanto que ganhou a sua vantagem competitiva.”

Nintendo

O online não está no centro da identidade da empresa, é simplesmente um "plus" para a empresa que está apenas a adaptar-se ao mercado actual. A fabricante pretende continuar a inovar no que faz a sua identidade, para garantir o seu sucesso.

Mesmo que o online não seja a prioridade, o seu serviço ainda se desenvolveu muito nos últimos tempos com a chegada do Nintendo Online + Pacote Adicional. Isso permite o acesso aos DLCs de jogos populares, como o último passe de temporada para Mario Kart 8 Deluxe. Ainda assim, é triste ver alguns recursos em falta em jogos mais recentes.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.