Mulher Maravilha 1984 poderá ser lançado directamente nas plataformas de streaming

Mulher Maravilha 1984 poderá ser lançado directamente nas plataformas de streaming

13 Novembro, 2020 0 Por Joel Pinto

Mulher Maravilha 1984 poderá ser disponibilizado nas plataformas de streaming já a partir de Janeiro de 2021. A ideia está a ser considerada pela Warner Bros., o estúdio que distribui o filme com Gal Gadot, que interpreta o papel de Mulher Maravilha.

Segundo as informações que estão a ser reveladas pela Bloomberg e e pelo Variety, a Warner Bros hesita entre dois cenários. O primeiro é lançar Mulher Maravilha 1984 nos cinemas, conforme planeado, já no final de Dezembro de 2020, e depois disponibilizar o filme através das plataformas de streaming, já a partir de Janeiro de 2021. E a plataforma escolhida para o lançamento nos EUA seria o HBO Max. Isso é bastante lógico por si só, sabendo que HBO Max é propriedade da AT&T, que é dona da WarnerMedia (empresa-mãe da Warner Bros). Essa rápida chegada ao streaming permitiria ao serviço ganhar muitos assinantes de uma só vez, já que de momento apenas conta com cerca de 8,6 milhões.

O segundo cenário previsto é bastante simples: voltar a adiar o lançamento do filme, e naturalmente para 2021.

Mulher Maravilha 1984 poderá ser lançado nas plataformas de streaming

Em qualquer dos casos, é certo que um lançamento de streaming tão rápido prejudicaria muito os cinemas. Já sofreram muito em 2020 com o Covid-19 e os lançamentos adiados de filmes. Além disso, a Warner Bros ganharia muito menos dinheiro com esse elenco. O filme da Mulher Maravilha, de 2017, arrecadou 821,85 milhões de dolares nas bilheteiras. É impossível para a Warner Bros. gerar tal quantia com a HBO Max, dado o preço do serviço ($ 14,99 / mês).

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook, no, Threads, do Instagram, do BlueSky e do X? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.

Joel Pinto

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.