Microsoft falha metas estabelecidas para o Xbox Game Pass

Microsoft falha metas estabelecidas para o Xbox Game Pass

20 Outubro, 2021 0 Por Joel Pinto

O Xbox Game Pass destina-se a fidelizar os clientes da Microsoft, mesmo que eles não tenham como objectivo grandes lucros. O seu objectivo passa por fortalecer a marca Xbox e isso vai além das consolas em si. É por isso que existe também o Game Pass para PC, e a possibilidade de jogar na nuvem com o Xbox Game Pass Ultimate. Mas no último ano fiscal da empresa, que findou no passado dia 30 de Junho de 2021, as metas de crescimento aparentemente fracassaram, e não foram atingidas.

O número de assinantes pagantes parece ter aumentado em 37,5%. Isso parece impressionante, mas no ano fiscal anterior, que terminou em 30 de Junho de 2020, um aumento de 85,75% foi alcançado. Mas é claro que quanto maior o número total de assinantes, mais difícil se torna aumentar em termos percentuais em grande escala. Afinal, a massa de jogadores não é infinita, e em algum momento haverá aumento da saturação.

Xbox Game Pass

Microsoft ganhou menos assinantes no Xbox Game Pass do que era esperado

A meta da Microsoft era, portanto, 47,79%, mas também não foi atingida. Aliás, a Microsoft está a esconder o número exacto de assinantes. A verdade é que a empresa faz algo semelhante, há anos, com o número de consolas vendidas. O público sempre argumenta que os números dizem pouco sobre a fidelidade do cliente, mas na verdade, é claro, isso deve-se mais ao facto de que possa estar ciente de que actualmente a marca não consegue competir com a marca PlayStation.

FONTE