Logitech aponta o final do ano para o fim da escassez de componentes

Logitech aponta o final do ano para o fim da escassez de componentes

28 Julho, 2022 0 Por Joel Pinto

Há os portadores de más notícias, e há muitos nestes tempos de guerra na Europa, inflação galopante, incêndios monumentais e ondas de calor cada vez mais insuportáveis. E depois há também, mais raramente, os portadores de boas notícias.

Bracken P. Darrell, o chefe da Logitech, é um desses portadores de boas noticias. Durante a conferencia que serviu para apresentar os resultados financeiros da empresa que ele chefia, revelou que a empresa teve um crescente na facturação para 1,2 biliões de dólares, no último trimestre.

No entanto, o pior está do lado do lucro, pois eles literalmente caíram -46%, com a Logitech a recuperar apenas 100,8 milhões no período. O sucesso do ano passado (+66% em facturação e +159% em lucros) já parece coisa do passado.

Logitech acredita no fim da escassez de componentes até ao final do ano

Logitech
Bracken P. Darrell

Durante esta mesma publicação de resultados, o CEO da Logitech, deixou cair o que no contexto actual é quase uma pequena bomba: Bracken Darrell acredita que a escassez de semicondutores pode acabar no final do ano. Isso contrasta com os presságios muito mais sombrios do chefe da Intel, Pat Gelsinger, que por sua vez esperava uma escassez persistente até 2024. Um dos dois necessariamente apostou no cavalo errado, sim, mas qual?

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.