LibreOffice 7.2 oficialmente anunciado e já está disponível para download

LibreOffice 7.2 oficialmente anunciado e já está disponível para download

20 Agosto, 2021 Não Por Joel Pinto

A The Document Foundation ( TDF ) anunciou a disponibilidade do LibreOffice 7.2, uma grande actualização para a versão 7.1, da suite de escritório gratuita, que entre as muitas novidades, conta com maior compatibilidade com os documentos do Microsoft Office.

Esta nova versão também chega com suporte para os Macbook, da Apple, que são equipados com o Apple Silicon, embora nestes dispositivos seja recomendada a utilização das versões um pouco mais antigas, mas tudo por uma questão de estabilidade.

O LibreOffice 7.2 também vem com várias novas melhorias de desempenho quando se trata de abrir grandes ficheiros, e abrir ficheiros DOCX e XLSX, gerir a cache de fontes e abrir apresentações e desenhos que contêm imagens grandes.

Se estiver a utilizar o back-end do Skia, que foi introduzido no LibreOffice 7.1, também notará melhorias na velocidade de desenho.

LibreOffice 6.3.4 6.4.4 LibreOffice 7.2

LibreOffice 7.2 já está disponível para download

Segundo a The Document Foundation, os novos recursos do LibreOffice 7.2 Community vieram de 171 contribuidores com 70% dos commits de código a chegar de apenas 51 programadores empregados pela Collabora, Red Hat e allotropia - todos os quais fazem parte do Conselho Consultivo do TDF e outras organizações. Os outros 30% vêm de 120 voluntários individuais.

Esta nova versão foi lançada em 119 idiomas diferentes que a TDF afirma ser mais do que qualquer outro software livre ou proprietário. Suporta as línguas nativas de 5,4 biliões de pessoas em todo o mundo e mais 2,3 biliões de pessoas falam uma dessas 119 línguas como segunda língua.

Como sempre, pode descarregar o LibreOffice 7.2 no site do LibreOffice, e ele é totalmente gratuito e amplamente compatível com documentos criados na suite da Microsoft.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.