LG Electronics prepara-se para entrar no mundo das criptomoedas

LG Electronics prepara-se para entrar no mundo das criptomoedas

29 Março, 2022 0 Por Joel Pinto

LG Electronics vai mesmo entrar no mundo das criptomoedas

Dificilmente somos presenteados com noticias de que uma grande empresa de tecnologia fez uma declaração sobre o mundo das criptomoedas, e/ou das tecnologias blockchain. Às vezes são produtos e usos que ninguém espera, como a Samsung, que apresentou na última CES um televisor que também funciona como plataforma de compra/revenda de NFT.

Agora, LG Electronics está de facto a relatar que durante a última reunião geral da marca, que foi realizada a 24 de Março, os seus líderes apresentaram dois novos objectivos de desempenho, que dizem respeito directamente ao mundo das criptomoedas.

Esses dois objectivos muito simples são baseados no mundo do blockchain. A LG pretende assim “desenvolver e vender software baseado no blockchain”, mas mais directamente a marca está interessada na “venda e corretagem de criptomoedas”. Se por enquanto a gigante sul-coreana não anunciou que quer criar a sua própria criptomoeda, um anúncio desse tipo pode ser o próximo passo para a empresa.

Por fim, quando conhecemos o desenvolvimento das criptomoedas na Coreia do Sul, percebemos facilmente os motivos que levaram a LG a dar esse primeiro passo. De facto, a península asiática é um mercado muito importante, pois só ela representa mais de 2 biliões de dólares em lucro líquido. Um ganho financeiro inesperado que a LG não quer mais passar sem fazer nada.

criptomoedas

Se por enquanto a LG não detalhou os planos da sua estratégia para entrar no mundo das criptomoedas, vários rumores insistem no facto de que a marca poderia copiar o seu grande concorrente, a Samsung, e oferecer uma plataforma de câmbio, tanto para moedas virtuais como para NFTs.

Este novo anúncio dos executivos da LG mostra de qualquer forma que o mercado de NFTs, criptomoedas e outras tecnologias derivadas do blockchain estão em altas e que este último ainda pode experimentar um aumento meteórico nos próximos anos.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.